22/11/2019 22:40:28

Política
14/10/2019 07:00:00

Renan enxerga três Bolsonaros e diz que com um deles é possível dialogar


Renan enxerga três Bolsonaros e diz que com um deles é possível dialogar
Senador Renan Calheiros

Numa longa entrevista à Folha de São Paulo e ao UOL o senador Renan Calheiros (MDB-AL) faz uma avaliação da conjuntura nacional e dos seus principais personagens hoje.

Sem amarras na língua ele considera que a atuação de Sérgio Moro no Ministério da Justiça representa um retrocesso institucional para o Brasil.

“O Moro tem uma formação intelectual fascista. Só isso justifica o que ele fez na eleição, na prisão do Lula, na condenação sem provas e na interferência no processo político”, afirma Renan Calheiros, acrescentando que “Ele começou o governo querendo legislar por decreto e nunca teve uma concepção clara da separação dos Poderes. Mandou para o Congresso um pacote anticrime que, ao invés de coibir, dá direito para matar”.

Na entrevista, o ex-presidente do Senado afirma que nos cerca de dez meses do governo Jair Bolsonaro (PSL) é possível identificar diferentes presidentes.

O das propostas econômicas que “não têm resultado” e o das falas “chocantes e preconceituosas”, além de um terceiro: o que indicou Augusto Aras para a Procuradoria-Geral da República contra o “corporativismo do Ministério Público” e que respeitou a decisão do Congresso de derrubar vetos à lei de abuso de autoridade.

“Se há um Bolsonaro com o qual você pode dialogar, é com esse”, afirma Renan.

O senador não poupou elogios a seu antigo adversário Davi Alcolumbre (DEM-AP), presidente do Senado, e disse que jamais voltará a disputar o comando da Casa.

O programa de entrevistas da Folha e do UOL foi gravado em estúdio compartilhado em Brasília.

Veja aqui a reportagem e a entrevista na íntegra:

Renan ‘enxerga’ três Bolsonaros: “com um deles é possível dialogar” diz Renan

Jornal de Alagoas



Enquete
Se a Eleição Municipal fosse hoje qual seria seu candidato preferido?
Total de votos: 2773
Google News