22/11/2019 21:10:50

Leitura de Domingo
13/10/2019 12:00:00

Todo o cuidado é pouco. As quatro regras de visita ao recém-nascido

Se não forem cumpridas podem colocar em risco a saúde e a segurança do bebê


Todo o cuidado é pouco. As quatro regras de visita ao recém-nascido

Quem acompanha uma gravidez tem geralmente muita vontade de estar presente nos primeiros dias de vida do bebê. A ansiedade é muita e apesar de as intenções serem as melhores, os erros são frequentes. 

Há regras a cumprir quando se trata de visitas a recém-nascidos, que se não forem seguidas podem colocar em risco a saúde e a segurança do bebê. 

Assim, para não correr o risco de gerar infecções no período neonatal, obedeça essas regras: 

Visitas proibidas até completar 28 dias

Nos primeiros dias, só devem ser permitidas visitas dos familiares mais próximos ou amigos muito chegados.

Não levar crianças 

Com exceção dos irmãos, as crianças não devem estar com os recém-nascidos. Não só são mais impulsivas, como estão mais expostas aos perigos do exterior. 

Em caso de doença, não vá

Esta regra dispensa explicações, ainda assim, é sempre bom reforçar. Nos primeiros momentos, o sistema imunológico do bebê ainda não está desenvolvido. Uma simples constipação do visitante pode significar uma bronquiolite, com necessidade de internamento, para o recém-nascido. 

Não mexer/beijar o bebê. Faça uma higiene reforçada

Em cada um de nós existem muitos microrganismos. Estes podem não ser prejudiciais para nós, mas definitivamente não são benéficos para o bebê.

Notícias ao Minuto



Enquete
Se a Eleição Municipal fosse hoje qual seria seu candidato preferido?
Total de votos: 2728
Google News