19/11/2019 12:42:36

Política
11/10/2019 06:00:00

'Não me afastarei', diz ministro do Turismo acusado em caso dos ‘laranjas’


'Não me afastarei', diz ministro do Turismo acusado em caso dos ‘laranjas’

Investigado pelo esquema de supostas candidaturas laranjas do PSL em Minas Gerais nas eleições de 2018, o ministro do Turismo Marcelo Álvaro Antônio rechaçou qualquer hipótese de se afastar do governo por conta do caso. “A chance de me afastar não existe, é nula, pela convicção que eu tenho de que agimos dentro da legislação eleitoral”, disse o ministro em entrevista ao SBT exibida nesta quarta-feira 9.

Álvaro Antônio, ex-chefe do PSL em Minas Gerais, foi denunciado pela segunda vez pelo Ministério Público Eleitoral de Minas Gerais nesta quarta-feira, por suposto uso de caixa dois nas eleições de 2018, após a apresentação de duas novas testemunhas.

Na última semana, ele já havia sido acusado pela Procuradoria e também indiciado pela Polícia Federal (PF) no inquérito da Operação Sufrágio Ostentação por falsidade ideológica, associação criminosa e apropriação indébita. De acordo com as investigações, o ministro, então candidato a deputado federal, articulou um esquema de lançamento de candidaturas femininas sem a intenção de elegê-las, apenas para acessar recursos do fundo eleitoral.

O ministro negou qualquer prática irregular durante as eleições. “Tenho convicção que tanto eu quanto o PSL agimos estritamente dentro da legislação eleitoral. As situações vão ser comprovadas ao longo do processo e do tempo”, declarou. Segundo ele, a primeira denunciante do caso, a candidata Cleuzenir Barbosa, foi procurada pelo partido e se negou a entregar as evidências de irregularidades.

Msn



Enquete
Se a Eleição Municipal fosse hoje qual seria seu candidato preferido?
Total de votos: 2654
Google News