17/11/2019 09:59:16

Alagoas
07/10/2019 05:00:00

AL: Lei Seca quebra recorde de ações realizadas no ano


AL: Lei Seca quebra recorde de ações realizadas no ano

No mês de setembro, marcado pela Semana Nacional de Trânsito, a operação Lei Seca em Alagoas atingiu o maior número de ações educativas e de fiscalização registrado em 2019. Ao longo do ano, a política pública coordenada pelo Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran/AL) vem intensificando o trabalho promovido no estado com o propósito de salvar vidas no trânsito.

Ao todo, 72 ações foram realizadas durante o mês da campanha, número que supera até maio, quando a equipe promoveu 58 ações em alusão ao Maio Amarelo. De acordo com o coordenador da operação em Alagoas e presidente do Fórum Nacional das Operações Lei Seca no Brasil, tenente Emanuel Costa, o fortalecimento da educação no trânsito é importante para que o cidadão adote novos hábitos de segurança.

“Uma mãe nunca vai querer o mal do seu filho. Quando ela coloca um filho pequeno numa motocicleta sem o capacete, acredita que nunca vai acontecer algum mal com ele. Então o que falta na população é a percepção dos riscos e consequências que a falta de cuidado no trânsito pode causar”, explica.

Ele também ressalta que esse recorde é um estímulo para que a operação continue avançando no estado. “A semana virou o mês de trânsito. As pessoas tiveram a percepção da necessidade das nossas ações, agora o que precisa haver é a compreensão da importância dos cuidados no trânsito. Pretendemos continuar aumentando o alcance da Lei Seca, mas sempre como amigos da população. Somos parceiros da vida”, afirma.

Fiscalização

Durante setembro, a operação prendeu 12 condutores em flagrante por conduzirem veículos com quantidade igual ou superior a 0,34 mg/l de álcool no sangue. Já 95 foram pegos com quantidades entre 0,05 mg/l e 0,33 mg/l e responderão administrativamente como aponta o artigo 165 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

A Lei Seca realizou 3.179 testes de alcoolemia e abordou 2.727 veículos, o que também resultou no recolhimento de 93 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) e 505 Autos de Infração de Trânsito (AITs) aplicados. 48 condutores foram flagrados inabilitados e 66 se recusaram a fazer o teste do etilômetro, logo tiveram o veículo retido e a CNH recolhida.

Rdar Notícias



Enquete
Se a Eleição Municipal fosse hoje qual seria seu candidato preferido?
Total de votos: 2645
Google News