17/11/2019 08:58:16

Política
04/10/2019 15:30:00

Vice-presidente da República defende voto distrital em palestra a empresários


Vice-presidente da República defende voto distrital em palestra a empresários

O vice-presidente da República, general Hamilton Mourão (PRTB), defendeu nesta quinta-feira (03), em palestra para empresários alagoanos, a implantação do voto distrital no País, como  forma de baratear os custos das eleições e aproximar eleitores de candidatos. Realizada na Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea), a palestra contou também com a participação de políticos alagoanos.

Um projeto apresentado pelo senador José Serra (PSDB-SP) propõe a adoção do sistema do voto distrital misto - uma combinação do voto proporcional, hoje em vigor, com o distrital - para a eleição de deputados federais estaduais e vereadores. O projeto foi aprovado pelo Senado em novembro do ano passado e está em análise na Câmara dos Deputados.

Além do voto distrital, Hamilton Mourão também defendeu que o País precisa gerar superávit primário para tentar recuperar o crescimento. Segundo o vice-presidente, o País paga R$ 400 bilhões de juros por ano - o que o fez seguir no vermelho pelo sexto ano seguido. 

Avanço na segurança será alcançado com avanços na saúde e educação

FOTO: JOSUÉ SEIXAS/FIEA

Segundo Mourão, a expansão do consumo provocou o aumento das dívidas. Ele defendeu que é preciso restabelecer a confiança no País e retomar o crescimento. Para isso, é preciso priorizar a segurança pública, aponta. "Mas  avanço na segurança só será alcançado com avanços na educação e saúde", ressalta.

Hamilton Mourão também defendeu a importância da Reforma da Previdência, crucial, segundo ele, para a sustentabilidade das finanças públicas. O vice-presidente sustenta que o regime previdenciário atual é insustentável e diz que o nova Previdência irá combater privilégios e reduzir desigualdades.

Após a palestra, o vice-presidente da República respondeu perguntas de convidados. Em uma delas, Hamilton Mourão disse que a primeira infância deve ser priorizada pelo governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Ressaltou ainda que é preciso diplomacia para evitar descaminhos que ocorrem nos 16 mil quilômetros de fronteira brasileiro, inclusive impedindo a entrada de armas no País. Ele ilustrou sua fala com o tráfico do Rio de Janeiro, que tem acesso, segundo ele, a três mil fuzis.

Presidente da Fiea, José Carlos Lyra, conversa com Hamilton Mourão

FOTO: JOSUÉ SEIXAS/FIEA

Antes da palestra, o presidente da Fiea, José Carlos Lyra, ressaltou que os dois principais motivos que alicerçam a vinda do vice-presidente a Alagoas são a intenção do empresariado local participar do desenvolvimento do País e conhecer os pensamentos de Hamilton Mourão. "O empresariado sempre esteve ao lado presidente Jair  Bolsonaro. Ha conflitos a serem enfrentados. Fomos massacrados pelo câncer da corrupção. Os empresários querem ouvir suas idéias", destacou.

Da Federação da Indústria, Hamilton Mourão seguiu para o município de Marechal Deodoro, onde visitou a casa-museu do marechal Deodoro da Fonseca. O vice-presidente permanece em Alagoas até amanhã, de onde segue para Sergipe, onde será homenageado pela Assembleia Legislativa daquele estado.

Empresários e políticos alagoanos participam de palestra de Mourão

Gazetaweb



Enquete
Se a Eleição Municipal fosse hoje qual seria seu candidato preferido?
Total de votos: 2644
Google News