12/11/2019 08:52:06

Polícia
01/10/2019 17:45:00

Suspeito de planejar sequestro da esposa se apresente à Polícia


Suspeito de planejar sequestro da esposa se apresente à Polícia
suspeito de ser o mandante do sequestro da própria esposa, Jorge Tadeu Gomes Alves, de 43 anos foi preso nesta segunda-feira (30). Ele estava foragido desde o dia do crime e se apresentou a Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), localizada no bairro da Santa Amélia, em Maceió, na presença de um advogado.
 
Segundo informações da polícia, Jorge Tadeu não respondeu a nenhum dos questionamentos feitos durante o depoimento. O delegado Thiago Prado disse que o suspeito pode ser condenado a pena que ultrapassa os 25 anos pelos crimes de cárcere privado e sequestro.

 
A vítima do sequestro Adriana Rogério da Rocha, que também era esposa de Jorge, foi resgatada um dia depois de um dos suspeitos de participar do crime ser preso. Ela foi localizada na cidade do Pilar, após o suspeito apontar o lugar em que ficava o cativeiro. Durante o resgate, os suspeitos entraram em confronto com a polícia e acabaram mortos na troca de tiros.
 
Jorge Tadeu Gomes Alves estava casado há 22 anos com a vítima e tem três filhos com ela, estava no momento do sequestro e desceu do veículo, onde estava a vítima, no Tabuleiro, bairro onde eles moravam.
 
Entenda o caso
 
A funcionária da Equatorial de Energia de Alagoas, Adriana Rogério da Rocha foi sequestrado no último dia 23, após ser para o estacionamento de um supermercado, no bairro da Gruta, por José Mirosmar dos Santos, de 24 anos, que seria um suposto corretor de imóveis.
 
Ela foi levada até o cativeiro localizado na zona rural do município do Pilar, em terras próximas à Usina Terra Nova. De acordo como delegado Thiago Prado, da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), a vítima estava sendo alimentada com água, bolacha e pão. Adriana foi resgatada pela polícia um dia depois do sequestro.
 
No cativeiro, foram presos Kennedy Gomes da Silva, de 23 anos, e Walisson dos Santos Porfírio, também de 23 anos. Já Fabrício Queiroz da Silva, conhecido como "Dudé", também um dos suspeitos da trama, trocou tiros com os policiais que estouraram o cativeiro, foi baleado e morreu.

Fonte: Gazetaweb

Emergência 190

 



Enquete
Se a Eleição Municipal fosse hoje qual seria seu candidato preferido?
Total de votos: 2621
Google News