24/09/2020 04:20:21

20/05/2009 00:00:00

Municipios


Municipios

com gazetaweb // bruno soriano

O Ministério da Saúde suspendeu - conforme a portaria nº 1.028, publicada na edição desta quarta-feira do Diário Oficial da União - a transferência de incentivos financeiros referentes ao número de equipes de Saúde da Família (PSF), equipes de Saúde Bucal, e de Agentes Comunitários de Saúde nos municípios brasileiros que apresentaram, em abril deste ano, irregularidades - como duplicidade - no cadastro de profissionais junto ao Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (SCNES). Entre os 176 municípios listados, oito são alagoanos: Coqueiro Seco, Jundiá, Maravilha, Murici, Olho D’água do Casado, Pariconha, Penedo e Piranhas.

A decisão da ministra interina da Saúde, Márcia Bassit Lameiro Costa Mazzoli, ‘considera os esforços do Ministério pela transparência nos repasses de recursos para a Atenção Básica’.

Com a portaria, os citados municípios ficam com os serviços prejudicados até que a situação cadastral seja regularizada. Entre os mais afetados, Coqueiro Seco e Maravilha, com quatro equipes cada.

Além dos oito municípios alagoanos, também entraram na 'lista negra' 97 municípios da Bahia, 28 municípios do Ceará, 19 de Goiás, 20 do Espírito Santo, oito do Amazonas, quatro do Amapá e um do Acre (a capital Rio Branco) e do Maranhão.



Enquete
Abaixo elencamos 7 chapas que devem concorrer as eleições municipais em União dos Palmares. Qual delas você prefere?
Total de votos: 3235
Google News