21/10/2019 04:23:48

Justiça
12/09/2019 11:15:00

‘Coronel Cavalcante’ é colocado em liberdade por decisão do Tribunal de Justiça


‘Coronel Cavalcante’ é colocado em liberdade por decisão do Tribunal de Justiça

Por meio de um habeas corpus, a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL) concedeu liberdade ao ex-tenente-coronel Manoel Francisco Cavalcante, conhecido como coronel Cavalcante, preso desde o dia 22 do mês passado.

Na ocasião, o 1º Tribunal do Júri condenou o Cavalcante a 21 anos de prisão pelo homicídio qualificado de José Gonçalves da Silva, o cabo Gonçalves, ocorrido em maio de 1996. O irmão do coronel, Marcos Antônio Cavalcante, foi julgado e absolvido pelos jurados.

O caso

O crime ocorreu em 9 de maio de 1996, por volta das 11h, em um posto localizado na avenida Menino Marcelo, em Maceió. De acordo com a denúncia, Marcos Antônio Cavalcante, acompanhado de outros acusados, teria efetuado disparos contra cabo Gonçalves, enquanto coronel Cavalcante teria ficado em seu veículo, prestando auxílio aos executores.

Os réus são acusados de integrar a extinta “Gangue fardada”, formada, em sua maioria, por policiais e ex-policiais militares, e apontada como responsável por uma série de crimes ocorridos nas décadas de 80 e 90 em Alagoas, como homicídios, assaltos e sequestros.

Folha de Alagoas



Enquete
Você é conta ou favorável ao Concurso Público da Prefeitura de União dos Palmares?
Total de votos: 14
Google News