19/08/2019 03:23:59

Alagoas
09/08/2019 19:30:00

AL tem o maior número de empreendedores formalizados do NE


AL tem o maior número de empreendedores formalizados do NE

O número de pessoas que trabalha na informalidade, no Brasil, tem ganhado notoriedade nos mais diversos segmentos, mais precisamente nas atividades de pequenos negócios. Sabendo disso, no último mês de maio, o Sebrae divulgou o Estudo do Empreendedorismo Informal no Brasil. A pesquisa aponta a região Nordeste na segunda colocação em termos de informalidade no país, dado que reforça a fragilidade da economia e contribui para ampliar o fosso de competitividade para entre suas empresas e as de outras regiões com indicadores mais formais, como as regiões Sul e Sudeste. No entanto, Alagoas é um dos estados do Nordeste que vem se destacando com o crescimento do índice de formalização dos seus negócios, registrando 19,5% numa comparação com outros estados da região.

A pesquisa teve como objetivo mapear o perfil dos empreendedores “informais” (sem CNPJ), comparando-o com o perfil dos “formais” (com CNPJ), assim como identificar características de ambos os tipos de empreendimentos e empreendedores, formais e informais. A base de dados para o estudo é o ano de 2018.

De acordo com Renata Fonseca, gerente da Unidade de Políticas Públicas (UPP) do Sebrae em Alagoas, isto é resultado de todo trabalho que vem sendo feito ao longo de quase duas décadas. Ela afirma que Alagoas tem uma tradição de desburocratização da formalidade de empresas, desde 2001. 

“O grande impulso foi em 2011, com o Portal Facilita, uma ferramenta que faz a integração entre os dados da Junta Comercial de Alagoas, Receita Federal do Brasil, SEFAZ e os diversos órgãos estaduais e os 102 municípios que participam do processo de abertura, alteração e baixa de empresas. Com isso, houve um maior nível de integração e há cinco anos Alagoas está em primeiro no Ranking Nacional medido pela Secretaria da Receita Federal do Brasil. Na divulgação do último ranking o estado do Rio Grande do Norte alcançou Alagoas. Vale lembrar também que fomos o primeiro estado a ter 100% os municípios integrados ao Portal”, explicou a gerente. 

Renata ainda enfatizou o ambiente que foi construído em Alagoas como outro fator que permitiu ao estado alcançar este resultado. “Além do Portal Facilita, devemos destacar o trabalho dos Agentes de Desenvolvimento (AD) e das Salas do Empreendedor. Ao todo, 69 municípios tem AD nomeados, são 83 trabalhando em todo estado; e 75 Salas do Empreendedor. Esse resultado é um bom começo, mas tenho certeza que os prefeitos e prefeitas já compreendem a importância da Sala do Empreendedor e do Agente de Desenvolvimento como ferramentas de fomento ao empreendedorismo e a economia local. Os municípios alagoanos podem fazer muito mais”, revelou.

Vale destacar também que este resultado para Alagoas – antes de representar uma vitória da formalização – representa, na verdade, um grande desafio para os gestores públicos, pois ainda há 80% de empresas sem CNPJ em nosso estado.   

O Ranking da Formalização dos estados da Região Nordeste está da seguinte maneira: Alagoas (19,5%), Rio Grande do Norte (19,5%), Bahia (19,2%), Paraíba (17,9%), Pernambuco (17,6%), Ceará (17%), Piauí (16,5%), Sergipe (13,9%) e Maranhão (9,8%).  

Jornal de Alagoas



Enquete
Em sua avaliação que nota de 0 a 10 você dá ao Governo Bolsonaro
Total de votos: 518
Google News