11/12/2019 21:30:19

Polícia
19/07/2019 15:15:00

De dentro de penitenciárias, traficantes comandam crimes em Maceió e Messias


De dentro de penitenciárias, traficantes comandam crimes em Maceió e Messias

ma operação policial nesta quinta-feira, 18, desarticulou duas quadrilhas suspeitas de tráfico de drogas que agiam em Maceió e na cidade alagoana de Messias.

A ação policial aconteceu no bairro do Vergel do Lago, na orla lagunar da Capital e também nos bairros Santos Dumont e Eustáquio Gomes, parte alta da cidade e no Estado de Pernambuco.

O líder de uma das quadrilhas é Flávio Soares da Silva, o Flávio Ceguinho, que cumpre pena em uma penitenciária no estado de Pernambuco. Mesmo de longe ele tinha todo o controle da quadrilha que comercializava drogas no bairro do Vergel do Lago, onde ele mantinha diversos pontos de venda de maconha e outras drogas.

O segundo bando criminoso é liderado por Wellington Ferreira da Silva, o Ferreira, que também cumprem prisão no sistema prisional e que teve pela segunda vez um novo mandado de prisão cumprido. Além do tráfico de drogas, Ferreira é acusado de aliciar menores nos bairros do Santos Dumont, Eustáquio Gomes e na cidade de Messias.

A mulher dele, a comerciante Carla Patrícia Santos de Oliveira, dona de um mercadinho na parte alta de Maceió também foi presa. Era ela que gerenciava as ações do grupo enquanto o marido permanece preso, Carla Patrícia também repassava as ordens do marido aos demais integrantes da organização. Os filhos do casal, que são menores de idade, também participavam da quadrilha.

O terceiro preso foi José da Silva Mendonça Júnior, responsável pelo transporte, armazenamento e venda das drogas. Em algumas situações, os entorpecentes eram negociados no estacionamento de um supermercado da parte alta e até mesmo no Terminal Rodoviário João Paulo II, no bairro do Feitosa, em Maceió. No momento da prisão, Júnior estava com 250 gramas de crack, R$ 5.200,00 em espécie, oriundos do tráfico, e uma Parati, utilizada por ele para fazer a entrega das drogas.

Há três semanas, a Polícia Civil (PC) apreendeu mais de 600 gramas de crack em uma residência no Santos Dumont, que servia como depósito do grupo criminoso. 

Em Messias foi presa Suely Vieira dos Santos, gerente do tráfico de drogas no município que vinha sendo liderado por Júnior.

Emergência 190



Enquete
Você concorda com a redução de horário das delegacias de Alagoas
Total de votos: 44
Google News