17/07/2019 17:44:35

Geral
11/07/2019 09:00:00

Coaf não deixa claro se analisa atividades financeiras de Glenn


Coaf não deixa claro se analisa atividades financeiras de Glenn
Gleen Greenwald

O Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) respondeu a um ofício do TCU(Tribunal de Contas União) que pedia manifestação sobre uma possível investigação a respeito das movimentações financeiras do jornalista Glenn Greenwald. O relatório foi protocolado nesta 3ª feira (9.jul.2019).

No arquivo de 4 páginas, no entanto, o órgão não deixou claro se analisa ou não as atividades financeiras de Glenn.

Leia aqui a íntegra do ofício do Coaf enviado ao TCU.

Greenwald é 1 dos fundadores do site The Intercept, que vem publicando uma série de reportagens da chamada Vaza Jato, envolvendo mensagens vazadas atribuídas ao ministro Sergio Moro (Justiça) e a procuradores da operação Lava Jato.

Na resposta ao TCU, o presidente substituto do Conselho, Jorge Luiz Alves Caetano, afirmou que “o Coaf não realiza investigações, nem mesmo a pedido da Polícia Federal ou de qualquer outro órgão, tampouco analisa financeiramente as contas de pessoas físicas ou jurídicas”.

Disse ainda que “poderá ocorrer que o Coaf produza 1 RIF (Relatório de Inteligência Financeira) ao obter, por comunicação feita pela Polícia Federal, algum elemento de informação que se revele, em conjunto com informações já possuídas pelo Coaf, significativo para a identificação de fundados indícios da prática de crime de lavagem de dinheiro ou de qualquer outro ilícito. Em que pese o jargão se referir a esse modelo como ‘RIF a pedido’, não se trata, a rigor, de um RIF por encomenda. Segue sendo uma autuação desempenhada ex oficio [por imperativo legal]”.

Ou seja, não fica claro se o Coaf fez 1 RIF sobre Glenn Greenwald ou se recebeu qualquer “elemento de informação” da PF sobre o jornalista.

Junto à resposta do órgão, está uma manifestação do ministro Paulo Guedes (Economia). Leia aqui a íntegra. Nela, Guedes se diz “intrigado” e nega ter orientado o órgão a investigar o jornalista. O ministro ainda explica que apenas o Coaf poderia dar informações sobre o caso, por se tratar de 1 órgão autônomo.

MSN



Enquete
Em sua avaliação que nota de 0 a 10 você dá ao Governo Bolsonaro
Total de votos: 153
Google News