20/07/2019 14:58:21

Justiça
21/06/2019 18:30:00

Justiça de AL concede prisão domiciliar para ex-prefeito de Mata Grande, Jacob Brandão

Ele foi preso em agosto de 2018. Jacob Brandão foi acusado de desviar mais de R$ 12 milhões dos cofres da prefeitura.


Justiça de AL concede prisão domiciliar para ex-prefeito de Mata Grande, Jacob Brandão
Jacob Brandão

O Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL) converteu a prisão preventiva do ex-prefeito de Mata Grande, José Jacob Gomes Brandão, em prisão domiciliar. A decisão é da última quarta-feira (19).

Jacob Brandão foi preso em agosto de 2018, acusado de integrar uma organização criminosaenvolvida em desvio de recursos públicos, fraudes em licitações, corrupção e falsidade ideológica.

G1 entrou em contato com Secretaria de Estado de Ressocialização e Inclusão Social (Seris) na tarde desta quinta (20), que informou que o ex-prefeito continuava preso no Sistema Prisional do estado.

Uma das operações em que ele foi investigado foi a Sepse, que prendeu suspeitos de integrar um esquema de desvio de recursos na área da saúde em Mata Grande.

A outra foi a Operação Ánomos, que prendeu suspeitos de participação em um esquema que desviou dinheiro público da prefeitura por meio de contratos com empresas fantasmas para locação de veículos.

Ao todo, segundo a acusação, Jacob Brandão desviou mais de R$ 12 milhões dos cofres da prefeitura de Mata Grande.

Somente em dois anos, o desfalque nos cofres da prefeitura foi o equivalente a R$ 6 milhões, o que daria para efetuar a compra de pelo menos 130 veículos.

G1-Al



Enquete
Em sua avaliação que nota de 0 a 10 você dá ao Governo Bolsonaro
Total de votos: 194
Google News