18/09/2019 21:11:24

Economia
21/05/2019 12:30:00

Prejuízo: Sinturb registra nova queda do total de passageiros em Maceió

Prejuízo com a perda de usuários a aumento dos custos ultrapassa R$ 3 milhões


Prejuízo: Sinturb registra nova queda do total de passageiros em Maceió
Terminal rodoviário em Maceió

Nos quatros primeiros meses deste ano, o Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros de Maceió (Sinturb), volta a registrar queda de mais de 1 milhão de passageiros. Alertam ainda que na contra-mão, os custos do setor registraram aumento do diesel, R$ 0,15 mais caro, e o reajuste salarial dos rodoviários, de 1,74%, previsto pra o próximo mês de junho.

Números

A perda no total de passageiros nos quatro primeiros meses foi de mais de 265 mil por mês, dando um total de 1.026.968 de passageiros de janeiro a abril de 2019. A comparação foi feita com os mesmos meses do ano passado e o prejuízo com a perda de passageiros ultrapassa R$ 3 milhões.

As empresas acumulam prejuízos nos últimos três anos com a queda de passageiros, mas ofereceram a proposta de reajuste salarial, no qual cumpre o que ficou acertado no último acordo coletivo, de reajuste para os rodoviários correspondendo a inflação, no salário e também cartão alimentação, aumento de 1,74%.

Negociações

O Ministério Público do Trabalho (MPT) em Alagoas realizou, na quarta-feira (15), uma segunda rodada de negociações com o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários (Sinttro), Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Maceió (Sinturb) e Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito da capital (SMTT).

O objetivo foi definir uma proposta de reajuste e outras reivindicações para os rodoviários. O Sinttro apresentou proposta, votada pela categoria, de paralisar as atividades de transporte coletivo aos domingos até negociação final com as empresas de ônibus.

A partir de proposta já definida em assembleia, os rodoviários concordaram com a antecipação do reajuste de 1,74% no salário e com a reposição de 5,27% no auxílio-alimentação – equivalente a R$ 500,00, mas deixaram a proposta em aberto até a negociação final, e que trata de outras cláusulas da categoria – com as empresas de transporte coletivo.

O Ministério Público do Trabalho aguarda que, em audiência marcada para 24 de maio, as partes cheguem a um consenso e a proposta de paralisação das atividades seja encerrada.

https://eassim.net/



Enquete
Dos nomes abaixo qual você escolheria votar para Prefeito?
Total de votos: 5273
Google News