17/08/2019 20:28:26

Polícia
17/05/2019 00:00:00

Operação “Não Para”: polícia apreende 36 kg de cocaína; droga seria vendida na parte alta da capital


Operação “Não Para”: polícia apreende 36 kg de cocaína; droga seria vendida na parte alta da capital
Droga apreendida

Mais de 36kg de cocaína foram apreendidos em menos de 15 dias entre Arapiraca, Maceió e São Sebastião. A informação foi repassada à imprensa na tarde desta sexta-feira, dia 17, pelo delegado Gustavo Henrique, durante coletiva à imprensa realizada na sede da Secretaria de Segurança Pública (SSP).

Segundo o delegado, a operação tem dois meses de investigação e nesse período dois pontos de refinamento já foram fechados.  Informações apontam que as drogas apreendidas foram encontradas na parte alta e seriam distribuídas no bairro do Tabuleiro dos Martins e adjacências, alertou Gustavo Henrique.

A operação “Nunca Para”, é a continuação da ação já realizada em  São  Sebastião, onde foi encontrado um laboratório de refinamento da cocaína onde a droga estava enterrada em um tonel junto com as armas de uso restrito, sendo uma .45 e outra 9mm, “armas muito difíceis de serem encontradas”, reforçou o delegado. Além disso, foram encontradas várias munições dos dois calibres.

Nesta quinta-feira, dia 16, uma operação integrada culminou na apreensão de 1,5kg e de crack e 9,5 kg de cocaína, além das armas de uso restrito. A ação foi realizada a partir do serviço inteligência, que notou que as drogas seriam entregues no Cleto Marques.

Durante a ação os militares do 5ºBPM, apreenderam Joseph Alesson da Silva, de 24 anos, segundo a polícia, era o responsável por entregar as drogas, estava com cerca de um quilo de crack e foi preso em flagrante.

Após a apreensão, os policiais conseguiram chegar a um sítio, nas imediações da Distrito Industrial, local onde as armas e as drogas estavam enterradas.

Os nomes dos outros integrantes do bando não foram divulgados uma vez que a segurança acredita que há uma facção criminosa por trás.

Gustavo Henrique, afirmou que “os responsáveis pelas drogas apreendidas na cidade de Arapiraca já foram identificados e já temos a informação de que há alguém maior por trás de tudo isso”.

Os dois inquéritos das apreensões das drogas serão unificados para fechar um só procedimento, comentou o delegado.

Cada Minuto



Enquete
Em sua avaliação que nota de 0 a 10 você dá ao Governo Bolsonaro
Total de votos: 506
Google News