18/09/2019 21:40:10

Alagoas
10/05/2019 00:00:00

Aprovados no concurso da PM de 2017 cobram convocação à porta do Sesi

Candidatos aproveitaram solenidade de formatura dos bombeiros para chamar a atenção do governador


Aprovados no concurso da PM de 2017 cobram convocação à porta do Sesi
Protestos aprovados no concurso da PM

Dezenas de aprovados no concurso da Polícia Militar (PM) de 2017 fizeram um manifesto na manhã desta sexta-feira (10), à porta do Ginásio do Sesi, no Trapiche da Barra. Eles aproveitaram a formatura de militares do Corpo de Bombeiros para reivindicar a convocação de 469 candidatos. 

 

 

Em entrevista à Gazetaweb, o candidato Bruno Verçosa explicou que o concurso ofertou 1 mil vagas, mas 1.800 pessoas foram convocadas para as demais etapas, após a prova objetiva. Ao final do certame, foram convocados 1 mil, restando 469 que haviam sido aprovados e, até o momento, aguardam um posicionamento do Estado. 

"Bastava apenas a convocação para o curso de formação. Existe uma cláusula de barreira no edital dizendo que, após as etapas do concurso, só iriam ser classificados os mil candidatos e o demais, eliminados. Acontece que esta cláusula é inconstitucional, pois temos pareceres do Ministério Público e da Defensoria Pública", externou Bruno. 

O candidato salientou que o governador teria feito várias promessas de convocação ainda no ano passado; porém, após as eleições, "não disse mais nada". Segundo Bruno, em fevereiro deste ano, Renan Filho disse que não iria convocar mais ninguém em respeito a uma promessa de campanha anunciando que faria concurso público para a área todos os anos. 

"Perguntamos a ele [governador] sobre a possibilidade de prorrogação do prazo de validade do concurso e ele disse que não iria prorrogar, se não, pegaríamos no pé dele. Por conta disso, entramos com ações contratando advogados particulares, além de ações impetradas pelo Ministério Público e Defensoria. No momento, aguardamos a Justiça se posicionar", acrescentou Bruno. 

O protesto contou com dezenas de candidatos segurando faixas e pedindo providências quanto à convocação para os quadros da corporação. 

Indagado sobre o protesto dos candidatos, o governador se limitou a dizer que eles não teriam direito à convocação, pois "ficaram fora do número de vagas". 

FORMATURA

Na manhã de hoje, ocorreu a solenidade de formatura de 122 bombeiros no Ginásio do Sesi. Segundo Renan Filho, após 12 anos, a corporação voltou a fazer concurso no momento de maior dificuldade. "Estes novos bombeiros representam 10% do efetivo que vai reforçar o trabalho nas ruas, fortalecendo, assim, o aparato da Segurança Pública", destacou o governador.  

Na oportunidade, o Chefe do Executivo comentou sobre a conclusão do concurso da PM para 500 vagas, anunciando, nos próximos dias, a data do teste de aptidão física. Ele disse, também, que o governo trabalha para realizar concursos da Polícia Civil e Perícia Oficial, além de novos certames para a PM e Bombeiros. 

Bombeiros militares em solenidade de formatura no Ginásio do Sesi

FOTO: TATIANNE BRANDÃO
 
Gazetaweb


Enquete
Dos nomes abaixo qual você escolheria votar para Prefeito?
Total de votos: 5273
Google News