20/05/2019 14:42:47

Alagoas
29/04/2019 10:30:00

Ministério da Saúde faz parceria com Governo de Alagoas


Ministério da Saúde faz parceria com Governo de Alagoas
Secretário Alexandre Ayres no Ministério da Saúde

O secretário de Saúde de Alagoas, Alexandre Ayres, ficou visivelmente animado com os resultados de reunião com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. Além dele também participou da agenda, marcada com o governador Renan Filho, o deputado federal Isnaldo Bulhões (MDB).

“Vem coisa boa por aí”, aponta Ayres.

Ele ainda faz um pouco de mistério sobre a parceria com o Ministério da Saúde. Mas adianta que entre as ações definidas está a ampliação do atendimento da rede pública através do SUS (os novos hospitais de Alagoas por exemplo serão cadastrados no Sistema Único de Saúde – o que vai gerar novas receitas) e o fortalecimento da rede básica.

Na atenção básica, adianta Ayres, Alagoas pode virar um “laboratório” do Ministério da Saúde.

“Apresentamos também ao ministro nossas ideias quanto a fortalecimento da atenção básica e ele se prontificou a usar Alagoas como piloto para os novos projetos do Ministério da Saúde no que diz respeito da atenção básica.. Vem coisa boa por ai e Alagoas mais uma vez sai na frente”, afirma.

O ministro recebeu o governador e o secretário no último dia 17, para a apresentação do plano de regionalização da saúde do governo de Alagoas.

“Apresentamos plano de regionalização da rede pública de saúde. O ministro ficou satisfeito com a quantidade de hospitais. Convidamos o ministro para inauguração da mulher em Alagoas . Ele se surpreendeu, na medida que estados estão reduzindo despesas sem conseguir pagar folha, Alagoas está na contramão da crise e investindo em saúde pública, um dos poucos Estados que está investindo em saúde nesse momento”, diz.

O que vem por aí

Embora Ayres não tenha dito, circula informação na Assembleia Legislativa de Alagoas de que o governador pretende investir na construção de postos de saúde, como estratégia de fortalecimento da atenção básica.

O governo está executando um plano de ampliação do atendimento com a construção de 5 novos hospitais e duas UPAs, com investimentos de R$ 211 milhões.

Versão oficial

Veja texto da Agência Alagoas sobre a reunião com o ministro da Saúde.

PARCERIA

Renan Filho apresenta plano de estruturação a ministro da Saúde em Brasília

Renan Filho e o secretário Alexandre Ayres se reuniram com Luiz Henrique Mandetta; investimento em cinco novos hospitais passa dos R$ 211 milhões

O governador Renan Filho se reuniu, no início da noite desta quarta-feira (17), em Brasília (DF), com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. Junto com o secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, o chefe do Executivo alagoano apresentou o plano de regionalização dos hospitais e a rede de Unidades de Pronto Atendimento (UPAS), posta em funcionamento no primeiro mandato e que passa por ampliação nesta segunda gestão.

“Foi uma apresentação completa de toda a estruturação da saúde. O ministro gostou bastante do que viu e se colocou à disposição. Ele deseja que Alagoas funcione como um Estado que vai recepcionar as iniciativas do Governo Federal nesta área. Também me coloquei à disposição para formarmos essa parceria” revelou o governador.

O deputado federal Isnaldo Bulhões também participou da reunião com o ministro da Saúde, representando a bancada alagoana em Brasília. “Falamos, ainda, da implantação do Hospital da Criança e das Clínicas da Família”, acrescentou Renan Filho.

Em Maceió, o Governo do Estado está construindo o Hospital da Mulher, que deve ser inaugurado no segundo semestre, e o Hospital Metropolitano. Este último se encontra com 75% das obras já executadas. Além desses equipamentos, duas UPAS também estão sendo concluídas na capital, uma no Jacintinho e outra no Tabuleiro do Martins.

Já no interior do estado, são três hospitais regionais em construção nos municípios de Delmiro Gouveia, União dos Palmares e Porto Calvo. Juntos, esses novos equipamentos somam mais de R$ 211 milhões em investimentos com recursos próprios do Governo do Estado e vão gerar cerca de 10 mil empregos em Alagoas, quando estiverem em operação.

Jornal de Alagoas



Enquete
Você concorda com a Reforma da Previdência?
Total de votos: 333
Google News