18/08/2019 21:20:55

Especial
12/04/2019 23:59:00

Por que há empresas e marcas abandonando as redes sociais?


Por que há empresas e marcas abandonando as redes sociais?

Em plena era do marketing digital, da busca por seguidores online e da popularidade dos chamados influenciadores das redes sociais, soa estranha a possibilidade de uma marca abandonar seus canais em redes como Facebook e Instagram. Mas, embora sejam casos isolados, eles existem - e são protagonizados por empresas que questionam o modelo de comunicação que as redes sociais os forçam a adotar.

O caso mais recente é o da empresa britânica de cosméticos Lush, que afirmou o fim de seus canais nas redes sociais a partir da próxima semana.

O anúncio foi feito via Twitter, Facebook e Instagram, nos quais a empresa tem, respectivamente, 202 mil, 423 mil e 570 mil seguidores em suas contas britânicas. Também serão encerradas as contas das submarcas Lush Kitchen, Lush Times, Lush Life, Soapbox e Gorilla, também com dezenas de milhares de seguidores.

"As redes sociais cada vez mais dificultam que falemos entre nós diretamente. Estamos cansados de lutar contra algoritmos, e não queremos pagar (às redes sociais) para aparecer no feed de notícias de vocês (consumidores)", diz o anúncio da marca. "Então, decidimos que é hora de dar adeus a alguns dos nossos canais sociais e iniciar, em vez disso, uma conversa entre nós e vocês."

BBC Brasil



Enquete
Em sua avaliação que nota de 0 a 10 você dá ao Governo Bolsonaro
Total de votos: 516
Google News