20/08/2019 17:42:11

Justiça
11/04/2019 14:30:00

Solto vereador preso por suspeita de desviar R$ 10 milhões dos cofres públicos

Parlamentar foi detido em novembro de 2018 durante operação da Polícia Federal


Solto vereador preso por suspeita de desviar R$ 10 milhões dos cofres públicos

O vereador Heriberto Farias da Silva, conhecido como Guel Farias (MDB), do município de Pilar, preso em novembro do ano passado na operação denominada Sesmaria, desencadeada pela Polícia Federal (PF), foi solto na tarde desta quarta-feira, 10.

Segundo investigações realizadas pela PF, o parlamentar e outras duas pessoas presas durante a operação teriam desviados aproximadamente R$ 10 milhões, de um montante de R$ 80 mi, em contratos feitos com o poder público.

De acordo com informações da Chefia Especial de Unidades Penitenciárias da Secretaria de Estado de Ressocialização e Inclusão Social (Seris), Heriberto Farias, que é policial militar reformado, foi solto no começo da tarde. Ele estava preso no presídio militar que fica dentro do complexo penitenciário.

Além do vereador, outras oito pessoas foram afastadas de seus cargos públicos devido a operação, incluindo ex-secretários de Boca da Mata.

Segundo informações obtidas pelo EXTRA, o vereador pretende voltar amanhã ao cargo em uma cerimônia a ser realizada na Câmara Municipal da cidade. Porém, seus aliados o aconselharam a deixar para a próxima semana.

De acordo com os delegados Francisco Tavares, Agnaldo Mendonça, Rolando Alexandre, Luciano Patury, em entrevista coletiva à imprensa na sede à época, as fraudes aconteciam a partir da locação de veículos.

Os carros, segundo as investigações, não eram abastecidos e sequer eram utilizados. Ainda segundo os delegados, a investigação começou em 2016 após serem constatadas movimentações bancárias suspeitas realizadas pela Secretária de Finanças do município de Mata Grande.

Extra Alagoas



Enquete
Dos nomes abaixo qual você escolheria votar para Prefeito?
Total de votos: 112
Google News