18/08/2019 21:01:32

Geral
10/04/2019 13:25:00

Desrespeito ao uso da faixa de pedestres ainda é prática comum


Desrespeito ao uso da faixa de pedestres ainda é prática comum

O simples ato de atravessar uma rua, uma avenida movimentada requer o máximo de atenção do pedestre. Parar, sinalizar, esperar a parada dos carros e atravessar. São ações que precisam ser observadas e respeitadas por pedestres e motoristas. 

Há 22 anos, a campanha de respeito à faixa de pedestre no Distrito Federal mudou o comportamento das pessoas e proporcionou mais segurança para quem se torna, no trânsito, o lado mais frágil da ‘relação pedestre/motorista’. 

Apesar da redução no número de acidentes envolvendo pedestres no Brasil, ainda falta o principal: conscientização de toda a população.

Em Alagoas, não há dados sobre a implantação da primeira faixa de pedestre, mas é certo que, usada da maneira correta, ela diminuirá gradualmente os riscos ao pedestre em ruas e avenidas de maior movimento. 

A Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) é a responsável por realizar estudos, implantar e fazer a manutenção das faixas de segurança nas vias de Maceió. 

As equipes técnicas levam em consideração, entre outras coisas, a geometria da via, observam se o local é seguro para a travessia, se há grande fluxo de veículos e de pessoas se deslocando, a exemplo de escolas, postos de saúde, hospitais, por exemplo. 

Essa ação contribui para a organização, visibilidade e a segurança de condutores e pedestres durante a travessia no trânsito. Entretanto, ainda é preciso conscientizar. Nem sempre a lei é respeitada e esse desrespeito, aliado à falta de atenção, parte tanto do condutor quanto do próprio pedestre.

Gazeta de Alagoas



Enquete
Em sua avaliação que nota de 0 a 10 você dá ao Governo Bolsonaro
Total de votos: 516
Google News