24/05/2019 00:24:52

Governo
05/04/2019 16:00:00

Assessor especial de Vélez e chefe de gabinete do MEC são demitidos


Assessor especial de Vélez e chefe de gabinete do MEC são demitidos

exoneração do assessor especial de Ricardo Vélez, Bruno Garschagen, ligado ao ideólogo de direita Olavo de Carvalho, foi publicada no Diário Oficial da União, nesta quinta (4). A demissão foi assinada por Onyx Lorenzoni, chefe da Casa Civil.

Outra demissão, também publicada no Diário Oficial, é a da chefe de gabinete do MEC, Josie de Jesus. Ex-funcionária do Centro Paula Souza, em SP, ela não ficou nem um mês no cargo.

De acordo com o jornal "O Globo", foi nomeado para o seu lugar Marcos de Araújo, que já foi subcomandante geral da Polícia Militar do Distrito Federal e professor da Academia dos Bombeiros de Brasília.

Segundo o blog da Renata Cafardo, do jornal "Estado de São Paulo", Bruno Garschagen foi um dos assessores que decidiram enviar às escolas uma carta do ministro com o slogan usado na campanha de Bolsonaro à presidência e pedindo para que as crianças fossem filmadas cantando o Hino Nacional.

De acordo com "O Globo", não se sabe ainda quem ficará no lugar de Garschagen como assessor especial do ministro da Educação.

Notícias ao Minuto



Enquete
Você concorda com a Reforma da Previdência?
Total de votos: 352
Google News