22/05/2019 13:51:10

Especial
02/04/2019 17:00:00

Motoristas protestam na SMTT delimitação de pontos de parada

Rio Largo repudia decisão; Linhas convencionais e do serviço complementar intermunicipal da Região Metropolitana de Maceió terão acessos delimitados


Motoristas protestam na SMTT delimitação de pontos de parada

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) informa que, a partir do próximo sábado (6), as linhas convencionais e do serviço complementar intermunicipal da Região Metropolitana de Maceió terão acessos delimitados na capital.

A iniciativa, de acordo com a Prefeitura de Maceió, busca reduzir a evasão de passageiros do Sistema Integrado de Mobilidade de Maceió (SIMM) e é respaldada pela Portaria 050, que será republicada por incorreção na edição do Diário Oficial do Município (DOM) desta segunda-feira, 1º de abril.

Como forma de protesto, a Avenida Durval de Góes Monteiro, no Tabuleiro do Martins, foi bloqueada por motoristas que fazem transporte intermunicipal no sentido Ufal, na manhã desta segunda-feira (1), em protesto à limitação no itinerário.

Ônibus e vans pararam em frente à sede SMTT, congestionando a região. A via foi liberada por volta de 8h30.

A publicação reforça que é de competência da SMTT organizar, promover, controlar e fiscalizar o serviço público de transporte remunerado de passageiros na capital, conforme estabelece o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

O texto também considera que é competência da SMTT o planejamento e regulamentação da prestação dos serviços de transporte público individual e coletivos de passageiros nas dependências da capital, bem como assegurar qualidade e eficácia.

“A delimitação surge no intuito de devolver os usuários ao seu sistema de trasporte original, garantindo maior funcionalidade ao SIMM”. Antônio Moura, titular da SMTT.

Rio Largo

A Prefeitura de Rio Largo divulgou nota demonstrando sua indignação a respeito da portaria 050, em que o prefeito Gilberto Gonçalves repudia tal medida e reforça que a referida “portaria irá prejudicar milhares de trabalhadores que dependem do transporte complementar de Rio Largo para se locomoverem até Maceió e cidades vizinhas”.

“Repudiamos qualquer decreto que prejudique nossa população Riolarguense, que tanto necessita do transporte público. Estamos ao lado do povo e iremos agir com os recursos cabíveis para derrubar esse decreto”. Gilberto Gonçalves, prefeito de Rio Largo.

De acordo com a publicação, fica proibido qualquer tipo de embarque e desembarque em locais não determinados, sob pena de ser autuado por realizar o transporte remunerado ilegal de passageiros.

Acessos

Com a medida:

  • As linhas que acessam a capital pela BR-104 terão o Terminal da Forene como ponto final de desembarque;
  • Veículos que chegam a Maceió vindo por Satuba, terão limite de tráfego nas proximidades do frigorífico Mafrial, na BR-316, atendendo o Terminal do Rio Novo e a estação ferroviária do Rio Novo;
  • Os transportes que chagam a capital alagoana pela AL-101 Norte, por sua vez, realizarão o desembarque próximo ao posto de gasolina, localizado na via que dá acesso ao Alto de Ipioca;
  • Os veículos que adentram Maceió pela AL-101 Sul, finalizarão o percurso no Terminal do Trapiche da Barra.
  • Ao realizarem o desembarque nos limites previstos, os passageiros deverão efetuar o embarque por meio de integração física e sem custo tarifário, em uma linha urbana que siga para seu destino.

Os locais de embarque e desembarque de passageiros nos limites de Maceió estão sendo previamente identificados com sinalização e abrigos específicos instalados pela SMTT, proporcionando um ambiente seguro e de melhor acessibilidade aos usuários do SIMM.

“Para a implementação da medida, nós também estamos considerando os princípios e diretrizes que estabelecem a Política Nacional de Mobilidade Urbana, que estipula a contínua necessidade da adoção de medidas que visam a evolução e devidas melhorias do transporte”. Antônio Moura.

O órgão esclarece que coletivos serão implantados para reforçar as linhas que sairão dos pontos delimitados e seguem em direção aos bairros do Centro e da Ponta Verde.

é assim



Enquete
Você concorda com a Reforma da Previdência?
Total de votos: 344
Google News