23/05/2019 21:56:31

Política
29/03/2019 15:00:00

Em Brasília, prefeito Rui Palmeira debate situação de calamidade com ministro de Minas e Energia


Em Brasília, prefeito Rui Palmeira debate situação de calamidade com ministro de Minas e Energia

O prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB), se reuniu nesta quarta-feira (27) com o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, para discutir a situação de calamidade dos bairros Pinheiro, Mutange e Bebedouro, decretada na terça (26).

No encontro, Palmeira pediu agilidade por parte dos ministérios. “Este foi o segundo ministério que percorremos para tratar do caso. Amanhã termos mais uma reunião com secretários executivos de Infraestrutura e Habitação, para pensar nas remoções que serão necessárias”, disse o prefeito. “O ministro [de Minas e Energia] nos garantiu que até 30 de abril teremos o diagnostico fechado para saber as causas e o que poderemos fazer em relação ao bairro”, completou.

“Teremos um caminho a seguir, para habitação, obras de drenagem, para levar as melhorias necessárias a essas famílias que tanto precisam na região do pinheiro e adjacências”, afirmou ainda o prefeito.

Segundo Palmeira, o ministro garantiu que irá fazer contato com o Ministério de Desenvolvimento Regional para criar, através de uma portaria, um grupo único pra cuidar do Pinheiro. “[Contará] com a participação de vários ministérios, e isso é importante, porque nos dá segurança desse apoio sólido por parte do Governo Federal”.

O senador Rodrigo Cunha (PSDB) também participou da reunião, e disse que esta é uma nova etapa dos trabalhos, após a audiência pública realizada na semana passada. “Ali foi um momento de colher informações e hoje foi dado mais um passo em busca de encontrar o ‘como’. Como vai se resolver essa situação e o que fazer com as pessoas que estão sendo afetadas por isso”, explicou Cunha.

“Buscamos uma solução para que o que foi decretado de calamidade seja de fato reconhecido imediatamente pelo Governo Federal, e principalmente que se busque aqui aquilo que foi falado por todas as vinte pessoas que se manifestaram na audiência pública”, afirmou ainda o senador. Para ele, é necessária a “unificação de informações”. “Através de um ambiente unificado com os governos Federal, Estadual e Municipal, que não se tenha informações truncadas e as pessoas se sintam um pouco mais seguras. Esse passo foi dado hoje aqui e com certeza dentro de pouco tempo já teremos esse resultado”, finalizou.

TNH1



Enquete
Você concorda com a Reforma da Previdência?
Total de votos: 351
Google News