21/03/2019 10:48:38

Saúde
09/03/2019 14:30:00

Parceria com Conselho Estadual garante avanços na Saúde, afirma Ayres


Parceria com Conselho Estadual garante avanços na Saúde, afirma Ayres

A parceria com o Conselho Estadual de Saúde (CES) foi apontada pelo secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, como fator indispensável para a promoção dos avanços na saúde pública alagoana nos próximos anos. Nesta quinta-feira (7), o gestor oficializou a posse dos 80 conselheiros titulares e suplentes que compõem o colegiado, seguida da eleição da mesa diretora que comandará o grupo no biênio 2019/2021. A solenidade ocorreu no Conselho Regional de Medicina, no bairro Pinheiro.

Ao relembrar sua primeira passagem pela Secretaria de Estado da Saúde, entre 2004 e 2009, como coordenador jurídico da pasta, Ayres apontou a independência do Conselho Estadual como uma marca que deverá prevalecer durante sua gestão.

“O Conselho tem uma grande importância na continuidade dos avanços na política de saúde pública de Alagoas. Nós queremos um Conselho que trabalhe ao lado da gestão, mas sem nenhum tipo de cobrança indevida por parte do gestor. O Conselho tem a sua independência como órgão deliberativo e tem que funcionar para o que ele está voltado, na função para a qual ele foi criado. Nós temos aqui prestadores de serviço, temos aqui usuários, trabalhadores e a gestão. Se trabalharmos com essas quatro forças, a gente vai sim conseguir tirar todos os nossos projetos do papel”, disse secretário de Saúde.

O presidente da Comissão Parlamentar de Saúde da Assembleia Legislativa do Estado, deputado Léo Loureiro, compareceu à posse dos novos conselheiros estaduais e destacou o momento de renovação vivenciado pela área. “Hoje estamos dando um novo começo à Saúde de Alagoas, com um novo Conselho e um novo secretário. O Conselho tem seu perfil de um órgão independente, mas também de parceria. É um colegiado que vai cobrar bastante e que será palco de discussões emblemáticas onde Alagoas vai sair ganhando”, disse o parlamentar.

Na eleição para mesa diretora do CES, o representante da Fundação Educacional e de Estímulo à Geração de Empregos (Fundege), Josenias da Silva, foi reconduzido ao cargo de presidente do Conselho Estadual de Saúde. Já no exercício da nova função, Silva enfatizou a necessidade do controle social das políticas públicas estaduais de saúde, capacitação e fortalecimento da rede municipal, representada pelos conselhos municipais.

“O nosso papel é ser parceiro da gestão, mas sempre cumprindo as nossas premissas de fiscalização e acompanhamento dos caminhos dos recursos e dos planos do Governo na saúde pública. Continuaremos firmes nesse objetivo”, lembrou o presidente do CES. Também foram eleitos para o biênio 2019/2021 o vice-presidente Maurício Sarmento, representante dos trabalhadores do sistema, a médica Alice Athayde, como 1ª secretária, representando os usuários, e o médico José Medeiros, escolhido como 2° secretário, representando a gestão.

De acordo com o secretário Alexandre Ayres, o Conselho Estadual de Saúde também deverá colaborar com outra de suas prioridades na gestão da Sesau: o planejamento e a otimização das despesas da pasta.

“O que falta na saúde pública do Brasil inteiro é planejamento. A gente se acostumou a apagar incêndios. O que precisamos é planejar, gastar melhor o recurso da saúde e direcioná-lo para a promoção, para a prevenção, fortalecendo a atenção básica. Então, o fortalecimento da saúde nos municípios é uma pauta prioritária. Podem contar com a minha presença nas reuniões do Conselho Estadual, para que a gente possa construir uma nova saúde em Alagoas, avançando no que já foi melhorado na área e trazendo a saúde para mais próximo da população”, afirmou o secretário.

Petrônio Viana/Agência Alagoas



Enquete
Você concorda com a atual administração municipal? Dê sua anota de 0 a 05
Total de votos: 515
Google News