22/04/2019 05:17:47

Economia
08/03/2019 11:30:00

Alagoas arrecada R$ 344 milhões de ICMS e fecha fevereiro em queda


Alagoas arrecada R$ 344 milhões de ICMS e fecha fevereiro em queda

Nos primeiros dois meses do ano o desempenho da receita do principal tributo estadual, o ICMS, ficou abaixo do esperado. A estimativa da Secretaria da Fazenda de Alagoas para este ano era manter o crescimento dos anos anteriores, que ficou em média em 8%.

Por enquanto, está longe. Em janeiro de 2019, quando foram arrecadados R$ 386 milhões, o crescimento em relação a igual mês de 2018, (R$ 372 milhões), foi de apenas 3,73%, ligeiramente abaixo da inflação acumulada do ano passado (3,75%).

No segundo mês do ano, o resultado não conseguiu sequer superar a inflação do período e fechou em queda nominal.

Em fevereiro, segundo dados preliminares da Sefaz, Alagoas arrecadou R$ 343,9 milhões de ICMS, com variação nominal de 1,03% na comparação com os valores arrecadados em igual mês do ano passado (R$ 340,5 milhões).

No acumulado do ano, a variação da receita também ficou abaixo da inflação. Nos dois primeiros meses, o ICMS chegou a R$ 730,6 milhões, um crescimento de 2,45% sobre os R$ 713,1 milhões arrecadados em igual período de 2018.

Combustíveis puxou queda

Em avaliação para o blog, o secretário da Fazenda de Alagoas, George Santoro, explicou que o desempenho do ICMS em fevereiro foi afetado diretamente por uma redução de receita num dos principais segmentos do tributo: “Tivemos uma queda substancial no setor de combustíveis e lubrificantes”, explicou, sem citar percentuais.

Ainda de acordo com George, no setor de energia – outro de grande peso na formação do imposto -houve um empate.

“Nos demais setores cresceram bem mais que a inflação, mas esses dois setores que citei puxaram a variação para baixo”, resume.



Enquete
Qual dos nomes elencados abaixo é seu candidato a Prefeito em 2020?
Total de votos: 20032
Google News