23/04/2019 19:41:31

Polícia
24/02/2019 07:15:00

Após laudo do IML, homem é preso suspeito de matar a filha de 1 mês

Exame apontou que bebê morreu por traumatismo craniano. Mãe da criança confessou que marido foi o autor da agressão.


Após laudo do IML, homem é preso suspeito de matar a filha de 1 mês

O servente de pedreiro Diego Francisco Caetano dos Santos, suspeito de matar a filha Kamily Vitória dos Santos, de apenas 1 mês de vida, negou ter cometido o crime ao ser preso na última quinta-feira (21). A criança morreu no sábado (16), em uma residência no bairro Caititus, em Arapiraca.

Ele disse que não estava em casa no dia do “acidente”. No entanto, segundo o laudo do IML, a garota foi morta por traumatismo craniano, e não por engasgamento, como informado pela família.

“Eu estava trabalhando no Sítio no dia que aconteceu o acidente. Nem toquei na menina. Quando cheguei em casa ela já estava morta. Acho que ela caiu da cama ou morreu engasgada mesmo. Não tenho culpa”, disse.

Inicialmente, a mãe da menina afirmou desconhecer o que teria provocado a lesão.

Pressionada, ela acabou confessando em depoimento que o marido foi o autor da agressão que levou a bebê a óbito.

Ela relatou que havia acabado de alimentar a filha quando o pai da criança chegou e se incomodou com o choro da menina. Ele teria ido até o quarto onde a criança dormia e apertado a cabeça dela com força, ocasionando a lesão na moleira, constatada pelo IML.

Diego foi preso por uma equipe da Delegacia da Criança e do Adolescente de Arapiraca. A prisão foi decretada pelo Juiz Alfredo Mesquita (5ª Vara Criminal de Arapiraca).

Diário de Arapiraca



Enquete
Qual dos nomes elencados abaixo é seu candidato a Prefeito em 2020?
Total de votos: 21299
Google News