19/04/2019 05:30:26

Justiça
29/01/2019 18:00:00

Com melhor estrutura, Turma Recursal de Maceió é inaugurada na rodoviária


Com melhor estrutura, Turma Recursal de Maceió é inaugurada na rodoviária
Reinuguração da Turma Recursal

O Judiciário de Alagoas inaugurou as novas instalações da Turma Recursal da Capital, nesta segunda-feira (28). O presidente do Tribunal de Justiça, Tutmés Airan de Albuquerque Melo, espera que a estrutura se reflita em uma melhor prestação de serviços para os jurisdicionados dos juizados especiais, cujos recursos são julgados na Turma.

O presidente reverenciou o seu antecessor, Otávio Leão Praxedes, pela condução da obra. “Uma sede bonita, uma sede digna, que foi obra do desembargador Praxedes. Uma bela herança que ele deixou”, disse.

O órgão funcionava em prédio anexo ao Fórum da Capital, no Barro Duro, e em um espaço que não atendia a todas as necessidades. O juiz Ricardo Lima, presidente da Turma Recursal, também enfatizou que o ambiente favorecerá o trabalho de servidores e magistrados. “As instalações são excelentes, só temos a agradecer ao Tribunal pelo empenho. Hoje estamos com um plantel maravilhoso e a tendência agora é julgar muito mais”.

O local, que fica no primeiro andar do Terminal Rodoviário João Paulo II, teve o projeto de reforma elaborado pelo Departamento Central de Engenharia e Arquitetura (DCEA) e viabilizado por recursos do Fundo Especial de Modernização do Poder Judiciário (Funjuris).

Fachada da Turma Recursal da Capital, no Terminal Rodoviário João Paulo II. Foto: Caio Loureiro.

 

A unidade conta com recepção, sala de espera, secretaria, três gabinetes, uma sala para assessoria dos juízes e amplo auditório, uma reivindicação dos advogados que atuam na Tuuma. As instalações estão em conformidade com as recomendações de acessibilidade do Conselho Nacional de Justiça.

Homenagem

O espaço recebeu o nome do juiz Roldão Oliveira Neto, que faleceu em outubro de 2018. A esposa Elma Oliveira, filhos e irmãos do magistrado participaram da solenidade e agradeceram a homenagem. 

Ao falar sobre dificuldades do sistema de juizados especiais, o presidente Tutmés Airan lembrou a disposição do homenageado para enfrentar desafios. “Roldão gostava de uma boa luta, e que ele nos inspire”, disse.

Familiares se emocionam com homenagem feita ao juiz Roldão Oliveira. Foto: Caio Loureiro.

 

O filho Rafael Oliveira falou em nome da família. “Meu pai teve uma passagem pela magistratura de mais de 20 anos, foi um homem que fez da sua vida a magistratura. A família ficou muito feliz e satisfeita com essa homenagem”. Rafael também ressaltou a retidão com que o pai conduziu todas as suas atividades. “O que meu pai deixou pra mim foi o exemplo”, disse, emocionado.

O magistrado Roldão Oliveira iniciou sua carreira na Comarca de Mata Grande. Era até o ano passado titular da 8ª Vara Cível da Capital. Atuou como auxiliar da Presidência em duas gestões, e presidiu o Funjuris, responsável pela modernização de toda a estrutura do TJAL.

Participaram da homenagem os desembargadores João Luiz Azevedo Lessa, Pedro Augusto Mendonça de Araújo e José Carlos Malta Marques, entre outras autoridades.

Diretoria de Comunicação – Dicom TJAL - IN
imprensa@tjal.jus.br – (82) 4009-3240 / 3141



Enquete
Qual dos nomes elencados abaixo é seu candidato a Prefeito em 2020?
Total de votos: 17862
Google News