17/07/2019 23:42:29

Comportamento
19/01/2019 16:00:00

Janeiro seco? 5 benefícios que vão te incentivar a parar de beber


Janeiro seco? 5 benefícios que vão te incentivar a parar de beber
Ilustração

Nos Estados Unidos, o Dry January (Janeiro Seco, em tradução literal) vem se popularizando nos últimos anos. Mas será que o desafio seria aplicável ao Brasil?

O esquema é o seguinte: mais e mais pessoas estão dispostas a passar o mês inteiro sem bebida alcoólica.

A coisa virou uma espécie de movimento, com milhões de pessoas participando e incentivando umas às outras também em outros lugares do mundo (há até um aplicativo para ajudar os participantes a seguir as diretrizes).

“Muitas pessoas aderem ao Janeiro Seco graças à mentalidade de ‘ano novo, vida nova’”, explicou ao HuffPost a neurocientista e especialista em bem-estar Leigh Winters.

“Imagino que as pessoas tenham exagerado um pouco no vinho e na cerveja nas festas de fim de ano. Para as pessoas que não abusam do álcool, passar o mês de janeiro sem beber pode ser uma resolução de Ano Novo que não é difícil de cumprir. Desse modo, elas podem começar a trilhar o caminho para uma saúde melhor.”

Passar o mês inteiro de janeiro sem beber é uma realização e tanto para muitas pessoas. Mas qual será o efeito disso sobre o corpo?

Conversamos com vários especialistas em saúde e com pessoas que fizeram o Janeiro Seco. Veja alguns dos benefícios potenciais:

YOUNGOLDMAN VIA GETTY IMAGES

 

Sua pele vai ficar mais bonita e melhor.

O álcool desidrata o corpo e a pele, disse a dermatologista Debra Jeliman, professora assistente de dermatologia na Escola Icahn de Medicina do hospital Mount Sinai.

As pessoas que bebem em excesso podem desenvolver uma deficiência de zinco no organismo. Isso pode gerar uma reação que provoca vermelhidão no rosto e pesquisas afirmam que o consumo de álcool eleva o risco de rosácea em mulheres.

Durante o Janeiro Seco, você pode começar a observar como a sua pele ficará com aparência e sensação melhores. Mas quando você voltar a beber, o efeito desidratador do álcool começará a ser sentido em questão de semanas.

FOTODUETS VIA GETTY IMAGES

 

Você pode perder peso.

Não é nenhuma surpresa que as bebidas alcoólicas sejam feitas de calorias vazias. Mas Shauna Faulisi, fundadora de um serviço de coaching de wellness em Los Angeles, explicou que, quando bebemos, a primeira coisa que o corpo metaboliza é o próprio álcool.

“Isso quer dizer que a queima de gorduras é temporariamente suspensa”, ela disse, explicando que consumir álcool com outra bebida com alto teor de açúcar (por exemplo, uma margarita ou um rum com Coca-Coca) acrescenta ainda mais calorias desnecessárias e afeta negativamente o nível de açúcar no sangue.

“Quando temos insulina excessiva no sangue, isso pode desencadear toda uma série de problemas, incluindo o ganho de peso.”

Pesquisas sugerem que pessoas que bebem pelo menos uma vez por mês têm chances maiores de apresentar sobrepeso.

E muitas pessoas que já participaram do desafio de encarar um janeiro sem álcool relatam ter perdido peso.

Mas Faulisi observa que as pessoas que aderem ao Janeiro Seco podem sentir forte desejo de consumir doces.

Ela sugeriu que esse desejo seja saciado com alimentos gordos como abacate, óleo de coco e azeite extravirgem, além de verduras, como brócolis, aspargos e couve-flor, para manter o açúcar no sangue sob controle.

FIZKES VIA GETTY IMAGES

 

Você vai dormir melhor.

Nada de saideiras. “Seu sono vai melhorar muitíssimo se você reduzir ou eliminar a ingestão de álcool”, disse Mark Milstein, pesquisador da saúde cerebral cujo trabalho enfoca a ciência do sono.

Milstein explicou que o álcool destrói um estimulante cerebral chamado glutamato, que ajuda a nos manter despertos. Porém, quando o cérebro percebe que o estimulante foi destruído pelo álcool, começa a produzir mais.

“Isso geralmente ocorre no meio da noite”, ele explicou. “E então a produção do estimulante glutamato desperta a pessoa e a impede de dormir bem.”

CAIAIMAGE/TOM MERTON VIA GETTY IMAGES

 

Você pode ter mais energia.

Sacha Cohen, 48 anos, é a fundadora de uma empresa de relações públicas de Washington. Ela pretende participar do Janeiro Seco - será o quarto ano que ela participa.

Cohen contou que o maior benefício que já sentiu com a abstinência por um mês é a perda de peso, mas que também observou que tem nitidamente mais energia.

“Em vez de me levantar devagar pela manhã, eu pulo da cama” ela contou. “Me sinto mais focada e mais otimista.”

Adriane Abraham, que é personal trainer e diretora de um estúdio fitness na Flórida, compara o consumo de álcool a deixar de cuidar bem de seu carro.

“O corpo é nosso veículo”, ela explicou. “Bebidas alcoólicas representam calorias vazias. Beber álcool é como andar com seu carro usando o estepe. Você vai andar mais devagar. Não vai funcionar como uma máquina bem cuidada. Quando uma pessoa que nunca fez isso fica 30 dias sem beber álcool, ela vai entender a diferença.” 

FIZKES VIA GETTY IMAGES

 

E sua saúde mental pode melhorar.

Depois de um dia estressante, às vezes parece natural tomar uma cerveja ou uma taça de vinho para se descontrair.

Mas pesquisas revelam que, em alguns casos, o álcool pode, na realidade, exacerbar a ansiedade. No curto prazo, o efeito depressivo do álcool pode fazer você se sentir melhor. No prazo mais longo, porém, consumir muito álcool leva a toda uma série de problemas médicos e psicológicos, segundo o Instituto Nacional de Abuso de Álcool e Alcoolismo (NIAAA), nos EUA.

Portanto, passar um mês sem beber álcool – ou até mais tempo, em alguns casos – pode ter efeitos positivos sobre sua saúde mental.

 

Pronto para encarar um mês sem beber?

Os benefícios de ficar sem álcool são evidentes, mesmo que seja apenas por um período breve. Lori Cheek, fundadora e CEO do aplicativo Cheek, adotou o Janeiro Seco como tradição anual e gostou tanto que agora passa duas semanas a seco também em agosto.

“Faço isso todo ano e tenho muitas histórias a contar”, ela disse. “Já ganhei experiência nisso. Quando o mês de janeiro chega ao fim, eu geralmente já emagreci uns 5 kg, economizei muito dinheiro, me sinto cheia de pique e meu apartamento está arrumadíssimo e impecável. Em vez de ir a uma happy hour depois do trabalho, vou ao cinema e malho duas vezes mais que de costume. Já convenci outras pessoas a fazerem o Janeiro Seco comigo. Quando você está fazendo com amigos, fica ainda mais fácil.”

Mas o cardiologista Adam Splaver, de Hollywood, Flórida, aconselha as pessoas que bebem muito ou que são dependentes do álcool a consultarem o médico para discutir suas opções.

Ele explicou que, para essas pessoas, passar um período sem beber pode provocar efeitos colaterais que incluem tremedeira, alucinações, palpitações e hipertensão.

Se você desconfia que tenha um problema sério de dependência, pode ser o caso de buscar ajuda.

Para as pessoas que bebem socialmente apenas, abrir mão do álcool por um mês pode fazer maravilhas para sua saúde.

“Incentivo as pessoas a fazerem o Janeiro Seco se elas são bebedoras sociais que não prestam atenção ao quanto consomem realmente”, disse Leigh Winters, neurocientista. “Se você se perguntar ‘quanto e com que frequência eu bebi nos últimos 30 dias?’ e ficar chocado ou insatisfeito com a resposta, parar de beber é apenas uma maneira de começar a tomar decisões mais bem pensadas sobre álcool no futuro.”

*Este texto foi originalmente publicado no HuffPost US e traduzido do inglês.



Enquete
Em sua avaliação que nota de 0 a 10 você dá ao Governo Bolsonaro
Total de votos: 166
Google News