09/07/2020 17:31:24

20/03/2009 00:00:00

Meio Ambiente


Meio Ambiente

Nesta sexta-feira (19), às 8h44, começou o outono. Entretanto, quem espera mudanças no tempo vai ficar decepcionado. “A nova estação deve começar do jeito que verão terminou. A mudança será meramente astronômica”, diz o meteorologista Olivio Bahia, do Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos, do Instituto Nacional de Pesquisas Especiais (CPTec/Inpe).

Ou seja, os próximos dias dificilmente apresentarão tempo típico de outono. Em vez disso, deve haver “calor e bastante umidade em todo o país, favorecendo, inclusive, pancadas de chuva”, segundo o meteorologista.

E as chuvas devem continuar ocorrendo principalmente no período da tarde, sobretudo em áreas do Norte, Centro-Oeste e algumas partes da Região Sudeste.

“As mudanças devem ocorrer no final de abril, quando será possível sentir o clima do outono”, diz Bahia. “O ar deverá ficar um pouco mais frio, talvez com mais chuva no Norte e no Nordeste do Brasil”.

Nos próximos meses as noites também devem ficar mais longas, segundo o meteorologista. “Vai começar a escurecer mais cedo, amanhecer mais tarde, e as madrugadas serão mais frias, o que pode acarretar manhãs com temperatura menor também”.

Quanto à umidade, Bahia explica que deve haver queda, principalmente mais próximo do inverno. “Entretanto, não estamos apostando em seca mais significativa”, afirma.

com gazetaweb //



Enquete
Você acredita no numero de mortos por Covid-19 divulgado pelo governo?
Total de votos: 183
Google News