17/07/2019 23:36:15

Atualidade
06/01/2019 13:00:00

Governador do CE descarta recuo após quase 90 ataques: 'Serei duro'


Governador do CE descarta recuo após quase 90 ataques: 'Serei duro'

Após mais de 80 ataques criminosos em 25 cidades, o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), descartou recuar em alguma das medidas de segurança que, segundo ele, teriam motivado a onda de atos criminosos em ocorrência há três dias.

"Tenho absoluta confiança nos mais de 29 mil profissionais cearenses que formam as forças de segurança do nosso estado, que têm se doado noite e dia para combater o crime, especialmente neste momento em que o Estado do Ceará toma medidas duras e necessárias de combate ao crime organizado, fora e dentro de unidades prisionais", disse, em comunicado à população publicado pelo G1.

"Esse tem sido justamente o motivo desses atos criminosos: fazer com que o Estado recue dessas medidas fortes, o que não há nenhuma possibilidade de acontecer. Pelo contrário: endureceremos cada vez mais contra o crime", prosseguiu.

Na sexta à noite (4), a primeira leva de homens da Força Nacional, enviada a mando do ministro da Justiça, Sergio Moro, chegou ao estado. Eles começaram a atuar hoje (5).

"Sempre estarei ao lado população cearense, que hoje sofre com esses atos criminosos, mas que terá, com a força e persistência do estado no combate ao crime, um Ceará mais seguro para suas famílias. Este é meu compromisso como governador de todos os cearenses. Serei duro contra o crime", finalizou o governador.

Notícias ao Minuto



Enquete
Em sua avaliação que nota de 0 a 10 você dá ao Governo Bolsonaro
Total de votos: 166
Google News