19/04/2019 05:38:42

Atualidade
03/01/2019 19:00:00

Partidários do ex-presidente Lula celebram Ano Novo em frente à prisão


Partidários do ex-presidente Lula celebram Ano Novo em frente à prisão
Ilustração

Partidários do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso em Curitiba, chegaram à cidade para celebrar o Ano Novo nas imediações da sede da Polícia Federal, onde ele cumpre uma condenação de 12 anos e um mês de prisão.

Será a primeira vez que Lula, de 73 anos, passa o Ano Novo em sua cela especial, localizada no quarto andar da PF. O ex-presidente começou a cumprir a sua condenação por corrupção passiva e lavagem de dinheiro em abril.

Desde que foi preso, em 7 de abril, dezenas de partidários mantêm ativa uma vigília em frente à sede. Do pequeno terreno observa-se a janela do fundador do Partido dos Trabalhadores, e seus simpatizantes lhe dão em horas marcadas "bom dia", cantam canções ou realizam reuniões no local.

A assessoria do PT na capital paranaense afirma que espera 1.500 pessoas para os toques de fim de ano.

A agenda contempla atividades culturais, saudações ao ex-presidente, um ato político e um ato religioso. A partir das 23h00, a militância, junto com alguns dirigentes como Gleisi Hoffmann, presidente do PT, aguardará a chegada do Ano Novo.

A data é especialmente simbólica para Lula, que em 1º de janeiro de 2003 se tornou o primeiro presidente de esquerda do Brasil, em um emocionante ato em Brasília diante de 200.000 seguidores.

Dezesseis anos depois, o Brasil deu uma guinada à direita e, na terça-feira (1), assumirá a presidência o capitão do Exército Jair Bolsonaro, admirador da ditadura militar que Lula combateu como líder sindical.

Durante a noite de Natal seus seguidores também se concentraram em frente à sede da PF em Curitiba para manifestar o seu apoio. "Esse Natal não poderei estar junto fisicamente com a minha família, meus filhos e netos. Mas não estou sozinho. Estou com vocês da vigília, que têm sido minha família", escreveu o ex-presidente.

Lula, que responde a outros processos, se declara inocente em todos e denuncia uma conspiração para impedi-lo de voltar ao poder.

Yahoo Notícias 
 


Enquete
Qual dos nomes elencados abaixo é seu candidato a Prefeito em 2020?
Total de votos: 17862
Google News