21/07/2019 16:08:32

13/03/2009 00:00:00

Municípios


Municípios

O ex-prefeito de São José da Laje, Paulo Roberto Pereira de Araújo, conhecido como Neno, é acusado de agredir fisicamente o estudante Lucas Jatobá, filho do ex-prefeito de São Miguel dos Campos, Nivaldo Jatobá. A agressão teria acontecido no final da tarde desta sexta-feira, em um povoado localizado próximo à Usina Serra Grande, situada na zona rural de São José da Laje.

A agressão teria ocorrido, segundo relatos da vítima, em decorrência do clima de tensão que se abateu sobre o município. Isso porque, após a reeleição de Neno, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), eleições suplementares foram marcadas e devem ocorrer em São José da Laje no próximo domingo (15).

Depois da agressão física, o estudante teria sido levado para a Delegacia de São José da Laje, onde se encontra de plantão o delegado Renivaldo Batista. Lá, ele teria prestado queixa e foi encaminhado para realizar exame de Corpo de Delito no Instituto Médico Legal (IML) Estácio de Lima, em Maceió.

O Tudo na Hora tentou contactar o delegado Renivaldo Batista, mas, um policial que se encontrava de plantão, informou que ele havia saído para jantar. Questionado sobre o registro de uma suposta agressão contra um estudante, o agente garantiu que estaria “tudo tranqüilo na cidade de São José da Laje”.

Mas, ao ser procurado pelo Tudo na Hora, o juiz 16ª zona Eleitoral, José Braga Neto, confirmou ter recebido a denúncia sobre a agressão contra Lucas Jatobá. “O recebi, depois que ele prestou queixa a autoridade policial, e verifiquei que sua camiseta estava rasgada, mas os hematomas já haviam desaparecido. No entanto, a mãe dele apresentou fotos que comprovariam a agressão, mas, só poderei agir após a conclusão do inquérito policial”, esclareceu o magistrado à reportagem do Tudo na Hora.

Nossa equipe de reportagem tentou ouvir a versão do ex-prefeito Paulo Roberto Pereira de Araújo, mas o seu celular se encontrava fora de área. O superintendente da Polícia Federal (PF) em Alagoas, José Pinto de Luna, afirmou durante esta semana, que São José da Laje é o município cuja disputa eleitoral tem preocupado a cúpula da Segurança Pública em Alagoas e que, por isso, agentes da PF foram enviados até o município.

O pleito eleitoral suplementar ocorre no próximo domingo e disputam a Prefeitura de São José da Laje o candidato Marcos Andrade (PTB), cuja vice é Cármen Valença, esposa de Nêno, além de Márcio Lira, o Dudui (PP) e José Marlon. A votação acontece durante todo o dia e, segundo o Tribunal Regional de Alagoas (TRE/AL), 15.082 eleitores estão aptos a escolher o novo prefeito.

com tudonahora // josenildo torres



Enquete
Em sua avaliação que nota de 0 a 10 você dá ao Governo Bolsonaro
Total de votos: 205
Google News