14/12/2018 17:15:12

Polícia
06/12/2018 15:30:00

Suspensão de visitas ocasionou ataque a ônibus em Maceió, afirma polícia


Suspensão de visitas ocasionou ataque a ônibus em Maceió, afirma polícia
Delegados alagoanos reunidos

A polícia realizou uma coletiva de imprensa na manhã desta quarta-feira (05), na sede da Secretaria de Segurança Pública, em Maceió, e divulgou detalhes sobre os envolvidos no ataque a um ônibus ocorrido no último sábado (01) na capital. Segundo o delegado Thiago Prado, seis homens participaram do ataque ao coletivo. A motivação, de acordo com a polícia, foi a suspensão das visitas dos familiares aos detentos no final de semana.

Conforme o delegado Fábio Costa, dos envolvidos no esquema, dois suspeitos presos nessa terça-feira (04) foram identificados como Bruno da Silva [que estava com os coquetéis motolovs] e William dos Santos Lima que foi autuado também por tráfico de drogas.

Também foram cumpridos mandados contra Jailson da Conceição, de 24 anos, líder de uma facção criminosa que ordenou o ataque ao ônibus e Edvaldo Bernadino, de 40 anos. Dois envolvidos ainda estão foragidos, um deles foi identificado como Daniel Rodrigo Lima da Silva, vulgo Danilinho, 21 anos.

“Somando as penas pelo quais eles foram autuados, dá cerca de 26 anos de prisão. Na casa em que foram encontrados Bruno e William estavam galões para guardar combustíveis”, confirmou Fábio Costa.

Foto: Assessoria

Ainda segundo Thiago Prado, a ordem do ataque a ônibus partiu de Jailson, mas a ação foi realizada por Edvaldo. “Ao todo, foram cerca de 40 policiais, que se situaram naquela região. Todos os presos foram autuados por integrar organizações criminosas”.

O secretário Lima Júnior afirmou que a polícia não vai tolerar novos incêndios e que vai continuar trabalhando para defender quem mais precisa do estado, que são as pessoas que utilizam o transporte público.

"Nós vamos garantir as visitas nos complexos já que é direito dos detentos para que eles não sejam lesionados em detrimento de uma operação. Para esse fim de semana vai ter uma reunião da polícia e eles irão estar prontos para qualquer ocorrência”, ressaltou Lima Júnior.

Cada Minuto



Enquete
Você acha que o Concurso Público honesto para a Prefeitura de União resolveria o atraso no salário dos servidores do município?
Total de votos: 51
Google News