25/06/2019 07:45:07

Justiça
23/11/2018 08:08:00

Sentença de Lula no processo do sítio de Atibaia deve ficar para 2019


Sentença de Lula no processo do sítio de Atibaia deve ficar para 2019
Ex-presidente Lula

A sentença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre o sítio em Atibaia deve ficar para 2019. A juíza Gabriela Hardt, substituta de Sergio Moro na 13ª Vara Federal de Curitiba, decidiu os prazos das alegações finais do processo nesta quarta-feira (21). 

O MPF (Ministério Público Federal) terá nove dias, a partir do dia 30 de novembro, para se manifestar. A Petrobras terá dois dias para apresentar suas alegações a partir do dia 11 de dezembro deste ano. 

Já as defesas de Lula e dos outros 12 réus do processo terão dez dias para enviar os documentos, contados a partir do dia 13 de dezembro deste ano. O prazo termina no dia 7 de janeiro de 2019, considerando o recesso do poder judiciário, que será dos dias 20 de dezembro de 2018 até 6 de janeiro de 2019.

A juíza pode ser a responsável por preferir a segunda sentença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo a assessoria da Justiça Federal do Paraná, a juíza ocupará a titularidade da vara até pelo menos 30 de abril de 2019. 

No processo, Lula é acusado de ter cometido os crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro em troca da reforma de um sítio em Atibaia. Neste mês, Lula prestou depoimento para Gabriela.

Substituição de Moro

 

Gabriela assumiu o andamento dos processos da Lava Jato, com a saída de Moro para se tornar ministro da Justiça e Segurança Pública do governo do presidente eleito Jair Bolsonaro. 

Ela já vinha atuando em situações de ausência do magistrado titular. Foi a juíza que decretou a prisão do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu em maio deste ano. Além dos casos próprios, a juíza ficará provisoriamente a cargo também de todos os casos sob a responsabilidade de Moro, que não devem ser redistribuídos, permanecendo na 13ª Vara Federal.

Prisão de Lula

Lula foi preso no dia 7 de abril deste ano, condenado a 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção passiva no caso do tríplex no Guarujá. 

O ex-presidente se entregou e cumpre pena na carceragem da PF (Polícia Federal) em Curitiba. 



Enquete
Na Eleição de 2020 em quem você votaria para Vereador de União dos Palmares?
Total de votos: 1175
Google News