21/10/2018 08:31:42

Economia
11/10/2018 19:06:00

Exportações de café no mês de setembro aumentam 24% em relação a 2017


Exportações de café no mês de setembro aumentam 24% em relação a 2017
Ilustração

Neste mês de setembro, as exportações de café – verde, solúvel e torrado & moído – do Brasil totalizaram 3,02 milhões de sacas (de 60 quilos), um aumento de 24% em relação ao mesmo mês do ano anterior e de 0,7% em relação a agosto de 2018, informou hoje (10) o Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé).

Segundo a associação, o preço médio do produto foi de US$ 135,88/saca, um decréscimo de 18,6% na comparação com setembro de 2017 e que resultou em US$ 410,3 milhões de receita para o país.

No acumulado, o Brasil já exportou 23,6 milhões de sacas, 7,3% a mais que o período equivalente de 2017; a receita cambial acumulada, porém, apresentou queda de 6,0%, alcançando US$ 3,5 bilhões.

Ainda na comparação com o ano passado, o café robusta se destaca, registrando crescimento de 1091,6% e atingiu 9,7% do volume total exportado (291,6 mil sacas); o café arábica cresceu 14,9% e responde por 81% das remessas para o exterior (2,4 milhões de sacas).

Segundo Nelson Carvalhaes, presidente do Cecafé, o volume embarcado foi “bom”, mas poderia ser ainda melhor caso não houvesse um problema de falta de contêineres e espaço nos navios.

“O exportador tem feito sua parte, respeitando as agendas, deixando as cargas prontas, despachadas e com a documentação toda organizada, porém muitas vezes a carga é ‘rolada’ para o próximo navio”, declarou Carvalhaes em nota.

Os três principais destinos do café brasileiro no ano são os Estados Unidos (4,1 milhões de sacas), a Alemanha (3,6 milhões) e a Itália (2,2 milhões).



Enquete
Você acha que passada a eleição o governo vai dar sequencia as obras iniciadas no período de campanha?
Total de votos: 117
Google News