25/09/2018 00:05:35

Esportes
26/08/2018 08:37:00

CSA “passeia” no Rei Pelé, vence o Cririúma e segue na vice-liderança da Série B


CSA “passeia” no Rei Pelé, vence o Cririúma e segue na vice-liderança da Série B
CSA e Criciuma

Nada como uma boa vitória para afastar qualquer desconfiança. O CSA entrou em campo na tarde deste sábado (25) diante do Criciúma no Rei Pelé, precisando vencer para não perder posições, porém, a equipe teve grande atuação, “passeou” em campo e vence por 3 a 0.

O time marujo agora tem 40 pontos na vice-liderança da competição. Seu próximo compromisso será fora de casa, diante do Boa Esporte no próximo sábado em Minas Gerais.

O JOGO – 1º TEMPO

Bola rolando no Rei Pelé e os primeiros minutos foram de estudos entre as duas equipes. As poucos, o CSA ia tomando as rédeas do jogo, mantendo uma maior posse de bola e passando mais tempo no campo adversário.

Não demoraram para surgir as primeiras investidas, principalmente nas bolas alçadas na área. Em uma delas, o time marujo até chegou a balançar as redes com Neto Berola, mas o meia usou uma das mãos, a jogada foi invalidada e o jogador levou cartão amarelo.

A pressão era grande. O CSA tentava de todas as formas, Pio arriscou, Neto Berola tentou novamente, mas o gol só veio sair aos 39 minutos. Didira fez boa jogada pela direita e mandou a meia altura para Daniel Costa, que quase na marca do pênalti emendou um belo voleio, o goleiro Bellito até tocou na bola, mas não evitou o belo gol azulino. Festa no Rei Pelé.

Depois do gol o time marujo administrou o resultado e não se arriscou. Final do primeiro tempo com vitória parcial do CSA por 1 a 0 sobre o Criciúma.

INTERVALO

O jogo no “Trapichão” era de reencontros, já que o CSA tinha pela frente dois antigos adversários, o técnico Mazola Junior e o atacante Zé Carlos, que dessa vez, não estavam conseguindo sucesso.

2º - TEMPO

Volta o segundo tempo e o técnico Mazola Junior do Criciúma tentou mudar o time, promovendo duas substituições. Do outro lado, Marcelo Cabo esperou alguns minutos para colocar Jhon Cley na vaga de Neto Berola.

E o meia entrou bem, dando assistência para Didirra que por pouco não marca e ampliando o marcador aos 13 minutos. Falta na entrada da área, Pio bateu e o goleiro adversário espalmou e Jhon Cley emendou para as redes.

Fotos: Gustavo Henrique/RCortez/Ascom CSA

 

A festa era grande no Rei Pelé, o CSA não se acomodava na partida e a recompensa viria minutos depois. Aos 24 minutos, novamente com Jhon Cley, que recebeu a bola, invadiu a área e bateu sem chances para o goleiro Belliato. Estava pintando goleada no Rei Pelé. 3 a 0.

Com o placar confortável, o CSA administrou o resultado. Mesmo assim, quase marca novamente com Jhon Cley, que foi travado na hora de chutar e minutos depois, foi a vez do Criciúma tentar diminuir com Zé Carlos, que acertou a trave.

Final de jogo no Rei Pelé, CSA 3 x 0 Criciúma.



Enquete
O que você pretende do Presidente da República e dos Governadores eleitos agora em outubro?
Total de votos: 118
Google News