16/08/2018 06:50:13

Municípios
25/05/2018 11:32:00

Prefeitos de Alagoas comemoram o fim dos lixões no estado

Na segunda-feira (28), os prefeitos estarão participando da solenidade de reconhecimento pelo fechamento de todos os lixões


Prefeitos de Alagoas comemoram o fim dos lixões no estado

Uma marca histórica. Depois de muitos esforços em conjunto, entre Municípios, Estado e Ministério Público, Alagoas encerra todos os lixões, nesta sexta-feira (25).

Assim, Alagoas se torna o primeiro estado do Nordeste e o terceiro no país, ficando atrás apenas de Santa Catarina e Rio de Janeiro, a alcançar essa marca, que os prefeitos avaliam como resultado do trabalho de suas gestões.

Na segunda-feira (28), às 9h30, os prefeitos vão participar da solenidade de reconhecimento pelo fechamento dos lixões. 

O evento será promovido pelo Ministério Público de Alagoas (MPA) e contará com a participação do procurador-geral de Justiça, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto; do diretor do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça, o promotor de Justiça José Antônio Malta Marques; e do coordenador do Núcleo do Meio Ambiente, promotor de Justiça Jorge José Tavares Dória.

A Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) esteve desde o início auxiliando os municípios. Em 2014 foram formados os consórcios para a instalação de aterros sanitários, para que amenizasse os custos e facilitasse as ações em conjunto. E, desde o ano passado, a entidade segue parceira dos prefeitos na conquista de cada lixão que foi encerrado.

“Se não conseguimos acabar com os lixões desde que a Lei de Resíduos Sólidos foi aprovada, não foi simplesmente porque não queríamos. É uma situação centenária, mas agora, mesmo sem os recursos federais adequados, mas com o apoio decisivo e a vontade política do governador Renan Filho e a parceria do Ministério Público, o problema teve fim”, afirmou Hugo Wanderley Caju, presidente da AMA.

Antes da assinatura do termo de acordo de não persecução penal, em dezembro de 2017, 45 municípios já haviam encerrado os lixões, incluindo a capital, Maceió. No dia do evento na AMA, com a presença do Ministério Público e da Secretaria de Recursos Hídricos (Semarh), 50 municípios assinaram o termo de acordo. Nesse meio tempo, os municípios foram fechando os lixões antes mesmo do encerramento do prazo, inclusive os que não assinaram o acordo, através dos consórcios ou individualmente.

Além de cumprir o que determina a Política Nacional de Resíduos Sólidos dando a destinação correta aos resíduos sólidos, os municípios também já estão trabalhando a educação ambiental nas escolas e comunidades, e estimulando a formação de cooperativas de reciclagem que já são realidade em muitas cidades. Hoje, os municípios que já possuem cooperativas são: Maceió, São Miguel dos Campos, Campo Alegre, Coruripe, Arapiraca, Palmeira dos Índios, Delmiro Gouveia, Piranhas, Quebrangulo e Marechal Deodoro.

“Em um ano e meio à frente da Associação dos Municípios Alagoanos temos defendido a qualidade da gestão e ações que contribuam para o desenvolvimento de nossas cidades a partir da melhoria das condições de vida do cidadão. Nós somos, sim, protagonistas dessa ação porque entendemos a importância disso tudo para o hoje e as gerações futuras”, declarou o presidente da AMA.

já é notícia



Enquete
Se a eleição fosse hoje qual o candidato de sua preferencia para Governador de Alagoas?
Total de votos: 577
Google News