Mundo
19/05/2018 07:27:00

Adolescente suspeito de matar 10 em escola usou arma do pai, diz governador do Texas


Adolescente suspeito de matar 10 em escola usou arma do pai, diz governador do Texas

O adolescente de 17 anos que matou pelo menos 10 pessoas a tiros e deixou outras 10 feridas em uma escola no Texas usou a arma do pai para realizar o ataque, disse o governador texano Greg Abbott.

Segundo Abbott, Dimitrios Pagourtzis, que foi preso pela polícia, usou uma espingarda e um revólver calibre 38 de seu pai, que tem o porte legal das armas.

"Foi um dos ataques mais hediondos que já vimos na história das escolas do Texas. É impossível descrever a magnitude do mal de uma pessoa que ataca crianças inocentes em uma escola", disse Abbott.

Em coletiva de imprensa, o governador afirmou que "diversos tipos de explosivos" foram encontrados nos arredores da escola, incluindo um "dispositivo com CO2" e um "coquetel Molotov", uma garrafa cheia de líquido inflamável.

O número de mortos, se confirmado, faz com que este seja o ataque com arma de fogo mais letal em 2018 desde o que ocorreu em fevereiro em Parkland, na Flórida - que deixou 17 mortos e deu origem a uma campanha nacional de estudantes pelo aumento do controle do porte de armas.

"Assim que os alarmes dispararam, todo mundo começou a correr para fora. Olhamos e ouvimos 'bum! bum! bum! Eu corri o mais rápido que pude pra a floresta próxima para poder me esconder. E aí eu liguei para minha mãe", disse uma aluna sobrevivente do ataque à BBC.

"Eu não deveria passar por isso, essa é minha escola. É minha vida cotidiana, eu não deveria me sentir desse jeito. Tenho medo de voltar."

O xerife Harris Ed Gonzalez disse a jornalistas que a maioria dos mortos na Escola de Santa Fe - que fica a 65 km da capital texana, Houston - eram estudantes.

O governador do Texas afirmou que dará início a discussões na próxima semana para tomar medidas que "garantam que essa tragédia nunca se repita" no Estado. As medidas incluiriam acelerar as checagens de antecedentes de pessoas que queiram comprar armas e enviar mais recursos aos distritos escolares.

De acordo com Abbott, o suspeito do ataque planejava cometer suicídio, mas mudou de ideia por que não teve coragem.

Dimitrios Pagourtzis, de 17 anosDireito de imagemGALVESTON COUNTY SHERIFF OFFICE
Image captionAdolescente suspeito de ataque teria dito que planejava cometer suicídio, mas não teve coragem, segundo governador texano

Como ocorreu o ataque?

Estudantes disseram ter ouvido o alarme de incêndio da escola disparar pouco depois das 08h da manhã no horário local. Ainda não se sabe como o alarme foi ativado.

Uma das testemunhas disse à emissora local KTRK-TV que o ataque aconteceu em sua aula de artes e que uma das pessoas feridas foi uma garota que levou um tiro na perna.

Helicópteros de redes de TV filmaram estudantes esvaziando suas mochilas diante de policiais armados em um campo do lado de fora da escola.

Dois hospitais ao sul de Houston dizem ter recebido nove pacientes por causa do ataque. Um esquadrão antibombas estava no local e o resgate aéreo foi acionado para levar vítimas para os hospitais.

"(Ataques a tiros) estavam acontecendo em todos os lugares, sempre achei que acabaria acontecendo aqui também", disse outra aluna da Escola de Santa Fe à BBC.

Explosivos foram encontrados nos arredores da escola, segundo as autoridades. O governador texano disse que as autoridades já têm mandados de busca para duas residências, mas estão realizando as buscas com cuidado, por causa do perigo de explosões.

Ele pediu que os moradores fiquem atentos a quaisquer objetos suspeitos que encontrarem. "Não toquem em nenhum item que pareça fora de lugar", afirmou, pedindo que a polícia seja logo acionada.

Um policial que ficava na escola, identificado como John Barnes, foi ferido e está em estado crítico.

Coletiva de imprensa de governador do Texas e chefe de políciaDireito de imagemGETTY IMAGES
Image captionPolícia encontrou explosivos dentro e nos arredores da escola, e deve fazer buscas em pelo menos duas residências

Qual foi a repercussão?

"Vivemos uma tragédia impensável em nossa escola nesta manhã", disse o superintendente da Escola Secundária de Santa Fe, Leigh Wall, em um comunicado.

Em um evento sobre reforma do sistema prisional na Casa Branca, o presidente americano Donald Trump disse que o ataque foi "absolutamente horrível".

"Minha administração está determinada a fazer tudo o que está ao nosso alcance para proteger nossos estudantes, manter nossas escolas seguras e manter armas fora do alcance de pessoas que sejam uma ameaça a si mesmos e a outras", afirmou.

Há duas semanas, Trump voltou a pedir que professores possam portar armas durante um discurso para a Associação Nacional de Rifles (NRA, na sigla em inglês), em Dallas.

A primeira-dama Melania Trump tuitou: "Meus sentimentos estão em Santa Fe e em todo o Texas hoje".

bbc brasil




Outras Notícias

Enquete
Concorda com o fato dos presos trabalhar para pagar seu próprio sustento?
Total de votos: 114
Google News