12/12/2018 01:30:36

Maceió
11/05/2018 20:02:00

Indicativo de greve permanece para o dia 21 deste mês, afirmam servidores municipais


Indicativo de greve permanece para o dia 21 deste mês, afirmam servidores municipais

Na tarde desta quinta-feira (10), os servidores públicos de Maceió se reuniram, em assembleia, para discutir pleitos relacionados a reajuste salarial e melhorias da classe. Em uma nova assembleia, marcada para o dia 21 deste mês, a categoria pode decretar uma greve geral.

A informação foi confirmada por Sidney Lopes, presidente do Sindicato dos Servidores da Prefeitura (Sindspref). Em entrevista ao CadaMinuto, ele disse que, após sinalização da prefeitura de que o reajuste pleiteado poderia ser negado, devido a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), a possível greve foi definida para o dia 21.

“A nossa expectativa é que o prefeito Rui Palmeira venha negociar o reajuste salarial, mas se daqui para o dia 21 não for dada nenhuma resposta pelo prefeito, todos os sindicatos do município irão aderir à greve, isso já está decidido” afirmou o presidente do sindicato.

Segundo ele, a classe reivindica o reajuste do piso salarial de 15,41%, referente aos anos de 2015 à 2017.

Ainda conforme Sidney, a prefeitura entra em contradição ao afirmar que o município está em crise, "mas o prefeito investe em contratos pesados e mensalmente são gastos cerca de oito milhões de reais com empresas terceirizadas"

Até o momento dois ofícios já foram emitidos pelos servidores e nenhuma resposta foi dada, uma vez que o reajuste deve ser feito em janeiro. “Apesar de o prefeito informar que está aberto ao diálogo, até o presente momento ele não nos procurou e não convocou nenhuma reunião com o sindicato”, acrescentou.

A assembleia de hoje foi realizada na sede do Sindicato dos Bancários de Alagoas, localizada na Rua Barão de Atalaia, no Centro de Maceió.

Diálogo

Em entrevista à imprensa pela manhã, Rui Palmeira frisou que o município está aberto ao diálogo para negociação com os servidores, mas não adiantou se poderá conceder algum tipo de reajuste. Ele ressaltou a dificuldade financeira do município, que impossibilitou a concessão de aumento no ano passado, e acrescentou que irá aguardar a movimentação da categoria para avaliar os pleitos.

cada minuto



Enquete
Você acha que o Concurso Público honesto para a Prefeitura de União resolveria o atraso no salário dos servidores do município?
Total de votos: 33
Google News