17/07/2018 23:59:11

Educação
12/04/2018 10:34:00

Oferta de cursos a distância cresce; teste diz se você tem perfil


Oferta de cursos a distância cresce; teste diz se você tem perfil

Oensino a distância (EaD) ganha cada vez mais a aceitação dos brasileiros. De acordo com o Censo do Ensino Superior 2016 - último dado oficial disponível - a modalidade já possui participação de 18,6% do total de matrículas na educação superior em todo País, atingindo quase 1,5 milhão de estudantes. Em 2006, o índice de representatividade era de 4,2%.

O notável crescimento dos cursos a distância se deve, principalmente, segundo os alunos, à flexibilidade da carga horária (44%), mensalidades mais acessíveis (27%) e localização do polo de apoio presencial (11%). A informação foi coletada na última edição do “Panorama Quero Bolsa do Ensino Superior Privado no Brasil”, estudo que mensura os principais indicadores do setor. O levantamento, que contou com a participação de 3.400 estudantes da modalidade, também constatou que 79% deles consideram a qualidade de ensino excelente ou boa, 17% aprovam de forma moderada e somente 2% apresentam insatisfação.

Enem: mais de 2,5 milhões já pediram isenção da taxa de inscrição

Apesar das facilidades e do alto nível de satisfação dos matriculados, antes de optar fazer um curso a distância, o interessado precisa saber se tem o perfil adequado para esta modalidade, que possui exigências específicas. Pensando em auxiliar os candidatos nesta importante decisão, o Quero Bolsa - principal plataforma para inclusão de estudantes no ensino superior - acaba de disponibilizar um teste para verificar a compatibilidade.

Baseada no estudo e teoria do psicólogo americano William Moulton Marston, a avaliação identifica quatro elementos no perfil da pessoa e, a partir deles, mapeia as características ligando os pré-requisitos para cursar a modalidade. No fim do questionário, a plataforma apresenta o índice de compatibilidade. “Trata-se de um teste extremamente confiável, que indica os pontos positivos e negativos, além de trazer dicas e pontos de atenção para alavancar o desempenho dos interessados”, informa Marcelo Lima, diretor de relações institucionais do Quero Bolsa.

Os interessados podem acessar o teste aqui.

Estudante troca curso presencial pelo EaD

Muitas vezes é necessário ultrapassar uma certa resistência inicial para aderir ao EaD. Foi o caso do jovem morador de Ribeirão Preto, André Arioli. Aprovado no curso de Geografia da Universidade Federal de Goiás (UFG), em 2016, o estudante sofreu com o deslocamento, uma vez que os gastos com aluguel, alimentação e transporte eram bastante consideráveis. Após um ano convivendo com o cenário adverso, André tomou uma decisão corajosa. “Além do aspecto financeiro, o curso parou de agradar e a identificação já quase não existia”, revela.

No retorno à cidade natal, o jovem buscou alternativas em relação aos pontos de insatisfação do curso de Geografia. Nesse contexto, ele descobriu o Quero Bolsa ao verificar uma bolsa de estudo com 50% de desconto disponibilizada pela Estácio, no curso a EaD de História. “Inicialmente tive certa relutância. No entanto, decidi arriscar. O tempo mostrou que foi uma decisão acertada, pois me sinto mais realizado do que quando cursava a graduação anterior. Por mais absurdo que possa parecer, não tenho nenhum arrependimento de ter largado a UFG”, afirma.

Além da satisfação com o curso e a qualidade de ensino, que segundo sua visão em nada devem à universidade pública, a modalidade permite maior tempo livre e flexibilidade para cumprir todos os seus compromissos pessoais.

notícias ao minuto



Enquete
Você acha que o Brasil tem chance de ser campeão do Mundo na Copa 2018?
Total de votos: 156
Google News