Alagoas Violência
31/03/2018 21:02:00

Em menos de 12h, sete casos de violência contra a mulher são registrados em AL


Em menos de 12h, sete casos de violência contra a mulher são registrados em AL
Em plena Sexta-Feira Santa, sete casos de violência contra a mulher foram registrados em Alagoas, segundo o relatório de ocorrências da Secretaria de Segurança Pública (SSP), divulgado na manhã deste sábado (31). Os casos ocorreram em um intervalo de menos de 12 horas, entre a tarde de ontem e a madrugada de hoje. Entre socos, tapas e danos materiais, a polícia também registrou ameaças e agressões psicológicas. 
 
Maceió
Logo no começo da tarde do feriado, a polícia foi chamada ao bairro do Bom Parto, onde constatou que a senhora C.L.A, de 38 anos, havia sido agredida. O suspeito é o companheiro da vítima, Roberto dos Santos Alves, de 39 anos. Segundo as autoridades, as partes foram conduzidas à Central de Flagrantes I e o suspeito foi autuado por lesão corporal, com base na Lei Maria da Penha. Era o primeiro dos sete casos registrados de ontem para hoje.
 
No Tabuleiro dos Martins, por volta das 17h, os policiais do 5º BPM foram acionados para  socorrer V.V.S, de 34 anos, também agredida pelo marido, Samuel da Silva Alves, 35, detido com base na Lei Maria da Penha. Na mesma região, Marcondes da Costa, 33, foi preso, suspeito de agredir a esposa com um soco no nariz; e, por trás do 5º Distrito, ainda na parte alta de Maceió, a polícia prendeu Jailson dos Santos Lima, 43, suspeito de agredir e espancar a companheira, M.P.C.A, de 55 anos.
 
No fim da noite, às 23h, suspeito de agredir psicologicamente e fisicamente a companheira, Wesley Ramos de Oliveira, 35, foi detido no bairro de Jacarecica e autuado por lesão e ameaça. A vítima tem 40 anos.
 
Já em Rio Largo, na região metropolitana de Maceió, Alisson Mendes dos Santos, 27, foi autuado por dano e ameaça, com base na Lei Maria da Penha. Ele é suspeito de ameaçar a prima, L.C.F.S, de 25 anos, além de quebrar objetos e móveis da casa da vítima. O fato ocorreu na Mata do Rolo.
 
Espancado pela população
Em Girau do Ponciano, na região Agreste de Alagoas, um homem, identificado como Rosivan Silva, de 26 anos, foi espancado pela população, após agredir a companheira, D.P.D, de apenas 19 anos. 
 
Segundo o relatório do 3º Batalhão da Polícia Militar (3º BPM), o suspeito empreendeu fuga após a agressão e foi encontrado ferido pelos policiais, que buscavam o fugitivo pela região. Segundo a polícia, a população local estava revoltada com o caso. Rosivan foi levado pelos policiais ao hospital local e detido em seguida, autuado por lesão corporal. 



Outras Notícias

Enquete
Qual dos candidatos a deputado estadual abaixo elencados é de sua preferencia?
Total de votos: 401
Google News