Post do Blog de
Veja outros posts
27/02/2018 13:48:00

Página de Diário


Página de Diário
George W. B. Cavalcante

Passei o domingo em casa. Não saí nem para tomar um pouco de sol, o qual, retornou hoje à tarde com ares primaveris.


Visita-nos um vento fagueiro com, ainda, uma fria malemolência. Favorável, portanto, ao recolhimento e as rotina domesticas. Ainda que, sempre fui um animal essencialmente caseiro, reconheço.Perturbam-me algumas moscas com a típica presença sem convite.  Com o seu típico voo acelerado e inconveniente e, a ousadia da intimidade não concedida. Pior é que tem gente assim, feito moscas.


O bucolismo do pequeno burgo emoldura a minha indefectível nostalgia; nos dias iniciais desse meu novo retorno a essas paragens do Vale do Mundaú, nas terras das Alagoas. Já se faz o ocaso na tarde que se recolhe serena e lenta, como a querer se banhar no rio no baixio, lá no sopé das ladeiras. Enquanto em frente aos terraços pessoas resignadas seguem na mesma direção, descendente.


O crepúsculo interiorano e brejeiro chega mais uma vez mansamente. E, com a sua habilidosa graça, vai mesclando de laranja e azul o firmamento, na despedida de mais um dia. Segue em harmonia dando lugar ao anoitecer ‘palmarino’.Nessa renovada estadia na terra de Zumbi, depois de um período importante, no qual morei distante e, daqui fui regular visitante; bem pensei o local contexto. Porque, olhei e contemplei reflexivamente esta paisagem; de fora e de longe.


Há nisto, talvez algum alento, pois, quando a compulsão é boa é pendor. Que, pode servir de estandarte mesmo a um modesto talento; hoje mais maduro e à contento. Porque mais ciente das locais minúcias e de seus parâmetros.Bem sei desse meio que se agarra com pouca desfaçatez ao ter.  Pois que lhe negam existenciais horizontes; e, que tateia em entender o ser como fim. E resulta que, dentre os locais, poucos são os que se detém a ler estas linhas.
Tudo bem; é só uma questão de tempo. Tempo de que, agora, o disponho mais; embora mais avançado no tempo.Tempo de contemplar, de analisar e de refletir. E de, por que não, planejar com imorredoura esperança, ainda melhores dias.

Enfim, tempo de agradecer mais contrito ao Eterno Deus, por esse tempo. No qual posso escrever e, verter o que me vai ao coração, à mente, e na alma. Quem sabe, com algum talento.

George W De B Cavalcanti
Pensador por vocação e Educador por formação.

 

 

 

 

 

 

 




Outras Notícias

Enquete
Você acha que o Brasil tem chance de ser campeão do Mundo na Copa 2018?
Total de votos: 4
Google News