19/10/2018 09:00:56

Post do Blog de
Veja outros posts
26/02/2018 07:59:00

Cápsulas do Tempo


Cápsulas do Tempo

Particularmente assim denomino as pessoas que, embora vivendo inseridas em um espaço, estacionam em algum período do passado, param no tempo; e, isso ocorre tanto por vontade individual quanto coletiva.

No primeiro caso, a pessoa adota comportamentos reacionários a qualquer forma de modificação e inovação em suas próprias rotinas de vida. Já no segundo, quase sempre deve-se às políticas e à gestão pública; ou, simplesmente, a ausência destas.

 Ao nosso entendimento, em qualquer dos casos algo de errado e destoante da dinâmica da vida acontece. Fatores e decisões que amesquinham e retém indivíduos e coletividades em uma espécie de cela em relação à natural dinâmica vital universal que, a seu favor tem ainda imenso espaço e tempo.

No cosmos há lugar que se equalize à sua dinâmica. Mas, essas cápsulas de imobilismo existem pelo pensar e atitudes de cada pessoa. Porque é do efeito cumulativo do comportamento humano; de suas decisões, do que empreende em relação às coisas e aos seus semelhantes que, se constrói a história.

E, são das substâncias psíquicas, emocionais, afetivas e, porque não dizer espirituais, que se faz a trama; a textura e o grau de permeabilidade dessas cápsulas. Tão consistentes e resistentes que podem conter pessoas, comunidades, nações e, até, países inteiros.

Enfim, se bem analisadas, se vai encontrar em sua gênese o egoísmo e a falta de grandeza de espírito que, tem como causa primeira, a cegueira de pensamento para enxergar em quantidade e qualidade, a grandeza do amor. 

 

George W. De B. Cavalcanti

Pensador por vocação e Educador por formação.



Enquete
Você acha que passada a eleição o governo vai dar sequencia as obras iniciadas no período de campanha?
Total de votos: 107
Google News