20/06/2019 12:10:40

25/05/2008 00:00:00

Especiais


Especiais

A estudante Erineide Pereira dos Santos, 18, morreu na manhã de ontem na Paraíba após ingerir 30 comprimidos de Gardenal (remédio para controlar convulsões). Ela apresentava quadro de depressão e tinha anorexia nervosa, que a fez chegar a ter apenas 40 quilos.

Erineide deu entrada já em situação grave no hospital Pedro 1º, em Campina Grande (130 km a oeste de João Pessoa), por volta das 2h de ontem, e faleceu quatro horas depois.

"Ela morreu por causa da medicação, mas o fato dela estar com anorexia com certeza foi determinante para que não conseguisse se recuperar", disse uma funcionária do hospital. "Em nenhum momento ela esteve consciente."

A anorexia nervosa é uma doença geralmente com fundo psicológico onde a pessoa sempre se acha gorda, lança mão de práticas extremas para emagrecer e causa, ao longo do tempo, um grave estresse físico.

Entre as principais complicações médicas da doença estão a anemia, a hipotensão (diminuição da pressão arterial) e intolerância ao frio, entre outros, e pode levar à morte em casos graves.

Erineide estava fazendo tratamento psicológico para se curar da doença.

com alagoas24horas



Enquete
Na Eleição de 2020 em quem você votaria para Vereador de União dos Palmares?
Total de votos: 437
Google News