22/04/2019 13:36:04

20/05/2008 00:00:00

Mundo


Mundo

Antes do terremoto devastador atingir a província chinesa de Sichuan há mais de uma semana, que deixou quase 40 mil mortos, vários animais teriam agido de forma estranha em diferentes regiões do país, segundo o site do jornal Daily Mail. À medida que a reação dos animais antes do terremoto é divulgada, surge a dúvida se a tragédia poderia ter sido evitada.

Milhares de sapos atravessaram uma ponte em Taizhou, uma cidade da província de Jiansu, dois dias antes de ocorrer o tremor. Taizhou, norte de Xangai, está longe do epicentro do terremoto, na província de Sichuan, mas o fenômeno se repetiu em áreas mais próximas ao desastre.

Outro grupo de sapos fizeram o mesmo em ruas da cidade de Mianzhu, onde milhares de pessoas foram mortas ou feridas, um dia antes do abalo. Sismólogos dizem que é praticamente impossível prever quando e onde um terremoto vai ocorrer, mas os chineses são conhecidos por usar o comportamento animal como previsões há anos.

Animais de um zoológico em Wuhan também teriam se comportado de forma estranha horas antes do terremoto. Turistas britânicos viram e relataram que, momentos antes do tremor, os pandas da reserva Wolong ficaram agitados.

Além disso, cientistas não explicaram o desaparecimento de um lago em Enshi, na província de Hubei, em 26 de abril. Neste ano, foi divulgada uma pesquisa relacionada à habilidade de animais fazerem previsões.

Segunda uma pesquisa feita por uma bióloga britânica, Lauren Smith, de apenas 24 anos, os tubarões podem ser usados para prever tempestades. Ela investiga a sensibilidade dos tubarões à pressão atmosférica.

com redação terra

 



Enquete
Qual dos nomes elencados abaixo é seu candidato a Prefeito em 2020?
Total de votos: 20038
Google News