18/04/2019 20:05:23

19/05/2008 00:00:00

Municípios


Municípios

Disputas alucinantes, adrenalina, máquinas turbinadas, capotagens e muita lama. Este foi o cenário do 1º Jeep Cross de Coruripe, onde dezenas de competidores de todo Brasil disputaram, no dia de hoje, um movimentado rally 4X4 que faz parte da segunda etapa do Campeonato Alagoano da categoria.

O município de Coruripe, distante 130 quilômetros de Maceió, recebeu centenas de turistas nos últimos dias e que são apaixonados por esportes radicais. A população da cidade se misturou com os visitantes e não se decepcionou com o que viu. Nas duas pistas de competições, interna de 1.200m e interna de 1.250m e com 7m de largura cada, os jeeps enfrentavam os obstáculos em alta velocidade e por onde passavam deixavam a lama subir, para o delírio do público.

As competições de hoje encerraram uma maratona de disputas que iniciaram na sexta-feira, quando aconteceram, no mesmo lugar, as duas primeiras etapas do Campeonato Brasileiro. Para o organizador do evento e também secretário de Comunicação de Coruripe, Gastão Lessa, a estrutura montada no local – às margens da AL 101- Sul – foi de primeira qualidade e aprovada pelos jeepeiros, além de ser indoor, outra novidade que agradou aos competidores.

“Esses esportistas nunca andaram num circuito tão bem estruturado. Eles aprovaram as pistas, que são pioneiras no Nordeste”, declarou Lessa. O organizador também explicou a dinâmica do rally. Em dupla, competidores se revezavam nas duas pistas, enquanto era cronometrado o tempo da volta. Os classificados dependiam do melhor desempenho no circuito e do intervalo de tempo mais curto. O campeonato foi dividido em cinco categorias: feminino, força livre, jeep adaptado, força diesel e jeep original.

CONSAGRADO
Em meio aos atletas, um alagoano que traz na bagagem vários troféus conquistados em competições pelo Brasil. Guga Acioly, de 35 anos, foi vice-campeão da Mitsubish Cup, categoria profissional, disputada em 2006; vice-campeão brasileiro, categoria protótipo, também em 2006, ficou em 4º lugar no Rally dos Sertões, em 2006, competindo na Super Production, além de conquistar o segundo lugar no Campeonato Brasileiro, disputado em Coruripe.

O competidor – que disputava a categoria força diesel - estava empolgado e, para vencer a prova, apostava na pick-up super adaptada para rallys mais difíceis. “Adorei o estilo indoor, meu carro é muito bom e as possibilidades de vitória são grandes”.

INICIANTE CAMPEÃ
Idade não é obstáculo para quem tem prazer nas disputas radicais, como é o caso dos rallys. “Pura adrenalina”. Foi como Larissa Soares, 20, classificou a prova que disputou hoje. Ela sagrou-se campeã na categoria feminino do campeonato em uma disputa que empolgou o público pela ousadia com que ela arrancava o seu carro,  o jeep TR4 azul escuro.

“Esse esporte combina velocidade e muita emoção, é extremamente legal. Esta é a minha segunda competição e já estou super empolgada. A chuva que caiu ontem tornou as pistas mais competitivas. Vou pisar no acelerador”, disse ela super ansiosa, momentos antes de entrar na pista.

Mesmo com o carro emprestado, já que o dela havia quebrado na competição do dia anterior, Larissa venceu a prova com o tempo de quatro minutos e seis segundos, deixando para trás as suas oponentes.

O 1º Jeep Cross de Coruripe foi uma idealização da prefeitura do Coruripe, com o apoio do prefeito do Teotônio Vilela


por assessoria - tiago gomes

 



Enquete
Qual dos nomes elencados abaixo é seu candidato a Prefeito em 2020?
Total de votos: 17485
Google News