08/08/2020 23:47:29

21/05/2007 00:00:00

Saúde


Saúde

Uma ação conjunta das secretarias estaduais de Saúde e Educação tem por objetivo vacinar mais de 11 mil jovens, entre crianças e adolescentes contra a hepatite B. As vacinações ocorrem dentro do Centro de Pesquisas Aplicadas de Alagoas (Cepa), em três escolas do complexo: Instituto de Educação, Laura Dantas e Maria José Loureiro.

A ação conta ainda com a parceria das coordenações do Programa Nacional de Imunização (PNI) e do Programa Estadual de Hepatites Virais, em parceria com a 15ª Coordenadoria Regional de Educação. O projeto teve início na manhã de hoje, e segue até o dia 25.

O objetivo da campanha, segundo explicou Fernando Barreiros, coordenador do Programa Estadual de Hepatites Virais da Sesau, é prevenir os adolescentes, que nesta faixa etária tornam-se mais vulneráveis a doença, visto que é na adolescência que acontece o início da atividade sexual.

A Hepatite B, de acordo com Fernando Barreiros, é uma das principais causas de cirrose hepática e câncer de fígado no mundo. A transmissão se dá através do contato sexual sem o uso de preservativos, do compartilhamento de agulhas contaminadas em usuários de drogas injetáveis; do compartilhamento de escova de dentes, de barbeadores, lâminas e materiais de uso em salão de beleza (alicates, espátulas); de tatuagens e piercings feitos com agulhas contaminadas, e de gestante infectada com o vírus para o filho.

A campanha será realizada em três etapas, tendo em vista a necessidade da utilização de três doses da vacina para imunização completa de cada indivíduo.

“Faremos uma ação integrada das Secretarias de Saúde e de Educação, obedecendo ao calendário escolar, informou a coordenadora do CEAGB, Maria Márcia Vieira Dantas, acrescentando que a segunda dose da vacina está programada para o mês de junho, enquanto a terceira e última dose será aplicada em novembro de 2007”.

Barreiros destacou ainda a importância de parcerias para levar campanhas como esta ao interior do Estado. “Vamos buscar os municípios e tentar atingir o máximo de alagoanos possíveis. O importante é a união com estes objetivos”, disse.

O secretário de Educação, Fábio Farias, que acompanhou de perto as vacinações colocou que a ação é parte do projeto principal da pasta que ocupa: “Queremos criar uma escola cidadã, que sirva de modelo. A escola tem que oferecer todos os serviços essenciais a formação do cidadão. É preciso transformar a escola e estas parcerias são fundamentais para se alcançar este objetivo”.

Fonte - www.alagoas24horas



Enquete
Qual o candidato de sua preferência para a Prefeitura de União dos Palmares?
Total de votos: 5094
Google News