23/01/2020 08:14:07

20/05/2007 00:00:00

Operçao Navalha


Operçao Navalha

Na noite desta quinta-feira, o governador Teotonio Vilela Filho (PSDB) já recompôs sua equipe administrativa, que foi desfalcada com a prisão do secretário de Infra-estrutura, Adeílson Bezerra; do diretor do Departamento de Trânsito de Alagoas, Márcio Gomes; do subsecretário de Infra-estrutura, Denisson Tenório; do diretor de obras José Crispim e do secretário executivo em Brasília, Enéas Alencastro.

Conforme divulgado na Agência Alagoas, o secretário estadual Sérgio Moreira, acumulará duas pastas: a de Planejamento e a de Infra-estrutura. Para o lugar de Enéas Alencastro, foi indicada a procuradora Germana Galvão.

O diretor adjunto do Detran, ex-deputado Francisco Carvalho, responderá pela direção-geral.

Adeílson Bezerra, Denisson Tenório, Enéas Alencastro, José Crispim e Márcio Gomes foram detidos durante a Operação Navalha. Eles são acusados de fraudar licitações, de favorecimento ilícito e de desvio de verbas federais. Os acusados se encontram presos na sede da Polícia Federal de Brasília, que segue com as investigações.

A operação da PF ocorreu em nove estados da federação, incluindo Brasília. Ao todo, 46 pessoas foram presas. Entre elas, o deputado distrital Pedro Passos (PMDB/DF) e o ex-governador do Maranhão, José Reinaldo.

Pronunciamento

Na tarde de ontem, o governo Teotonio Vilela se pronunciou sobre as prisões: “Gostaria de registrar que, em função das ações desencadeadas no dia de hoje, pela Policia Federal, cumprindo determinação do Superior Tribunal de Justiça, tomei a iniciativa de determinar o imediato afastamento dos servidores ocupantes de cargos de confiança no nosso governo e envolvidos nesses fatos, até que as investigações estejam concluídas”.

“Reitero meu firme compromisso com a transparência e com a moralidade pública”.

“As pessoas que foram detidas e, estão sendo investigadas, deverão ter assegurado o amplo direito de defesa em respeito à lei e à dignidade de todos”.

“Também gostaria de informar que já determinei à Controladoria Geral do Estado, imediata auditoria em todos os processos em que a construtora citada no caso seja a responsável pela execução de obras no Estado de Alagoas”, finalizou Vilela.



Enquete
Em quem você votaria hoje para Prefeito de União dos Palmares ?
Total de votos: 136
Google News