08/12/2019 22:43:50

14/03/2008 00:00:00

Economia


Economia

A Cmed (Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos) informou, nesta sexta-feira, que os medicamentos comercializados no país terão reajuste médio de 3,18% a partir do próximo dia 31 de março.

Os reajustes foram estabelecidos para três faixas diferenciadas de medicamentos. Os percentuais, de até 4,61%, 3,56% e 2,52%, foram definidos segundo o nível de competição nos mercados a partir do grau de participação dos genéricos nas vendas.

A Cmed informou, ainda, que o cálculo também considerou o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Ampliado), do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o fator de produtividade e a variação dos custos do setor. O próximo reajuste deve ocorrer em março de 2009.

Cerca de 20 mil apresentações terapêuticas serão atingidas pelo reajuste. Os medicamentos fitoterápicos e os homeopáticos não são submetidos a esse reajuste.

No ano passado, o reajuste máximo determinado pelo governo foi de 3,02%. Já em 2006, o aumento chegou a 5,51%.

Fonte: Folha



Enquete
Você concorda com a redução de horário das delegacias de Alagoas
Total de votos: 36
Google News