23/04/2019 19:30:59

11/02/2008 00:00:00

Polícia


Polícia

Agentes do Grupo de Ações Penitenciárias (GAP) sofreram no começo da manhã desta segunda-feira, 11, uma emboscada nas imediações do bairro Santos Dumont, periferia de Maceió.

De acordo com as primeiras informações, os agentes iriam deixar um colega em casa, após o término do plantão, quando perceberam que estavam sendo seguidos pela L200 de cor prata e placa KGJ 1285/PE. Ameaçados, os agentes desceram do veículo com armas em punho e foram recebidos a tiros.

Após troca de tiros, a L200 empreendeu fuga, sendo perseguida pelos agentes, que pediram reforço à base. Neste momento, já com reforço policial, os agentes chegaram a uma residência na Rua Santa Isabel, no bairro Santos Dumont, onde foram encontradas a L200 – que havia sido roubada na Massagüeira -, um Gol prata de placa MUJ 5690/AL, e o Ford Ka prata de placa MUM 4373/AL.

As primeiras informações dão conta que três homens teriam sido presos – cujas identidades ainda não foram reveladas – sendo que um deles foi ferido e encaminhado para atendimento médico. Seis meliantes teriam conseguido fugir durante a perseguição.

Neste momento, os policiais realizam um cerco à residência, onde foram encontrados um fuzil Mosquefal 762 e uma metralhadora .40.

O proprietário da residência, Ivan Lúcio Soares, está no local e afirmou que alugou duas casas à quadrilha – localizadas frente à frente -, sem saber que se tratava de uma organização criminosa, há aproximadamente um ano e meio, a um homem identificado como Adriano Bezerra Silva, que está entre os presos na manhã de hoje.

Dentro da residência, a polícia encontrou, ainda, documentos em nome de Luiz Carlos da Silva Lima, que ainda não se sabe se são verdadeiros. Informações extra-oficiais dão conta que a quadrilha possuiria uma lista de agentes que deveriam ser eliminados. No entanto, esta lista não foi localizada.

Existe, também, a possibilidade dos acusados estarem tramando o resgate de presos, que segundo a polícia será investigada.

Ferido

Deu entrada agora há pouco, na Unidade de Emergência Dr. Armando Lages, um dos homens acusados de integrar o bando criminoso que emboscou agentes penitenciários. Leandro Lucena, 23 anos, deu entrada com um tiro no pé e seu estado é considerado estábel.

com alagoas24horas.com.br



Enquete
Qual dos nomes elencados abaixo é seu candidato a Prefeito em 2020?
Total de votos: 21239
Google News