20/06/2019 12:18:30

08/02/2008 00:00:00

Concurso


Concurso

As inscrições para o concurso público do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) ficam abertas até terça-feira (12). O Concurso é para o preenchimento de 2 mil vagas, 1,4 mil para técnico do seguro social, de nível médio, e 600 para analista do seguro social, de nível superior.

As Incrições podem ser feitas apenas via internet na página do Centro de Seleção e Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (www.cespe.unb.br). O valor é de R$ 47,00 (nível médio) e R$ 56,00 (nível superior). As provas serão realizadas em março.

O INSS republicou no Diário Oficial da União o edital do concurso público apenas para fazer pequenos ajustes e corrigir erros de digitação. Entre os ajustes estão a exigência do conhecimento de direito administrativo, no que se refere a lei 8.112, para todos os cargos oferecidos pelo Instituto. Os locais em que serão realizados os cursos de formação serão informados posteriormente pelo INSS. Os candidatos aprovados participarão do curso nas localidades indicadas.

As contratações serão feitas ao longo do primeiro semestre de 2008 e os servidores designados para os locais com maior demanda de atendimento e maior carência de pessoal.

O analista previdenciário poderá ter a remuneração, no primeiro momento, de até R$ 2.243,78, incluída a gratificação de desempenho, e é encarregado da análise e concessão de pedidos de benefícios. Já o técnico previdenciário, com salário inicial de até R$ 1.989,87, incluída a gratificação, é responsável pelo atendimento aos segurados e também tem funções administrativas.

Os novos servidores irão substituir servidores que faleceram, se aposentaram ou mudaram de carreira. Somente este ano, 7.696 servidores do INSS passarão a ter direito de se aposentar. Até 2010 serão outros 2.438. Ao mesmo tempo, o INSS vem abrindo novas unidades de atendimento porque a demanda de segurados tem crescido.

A contratação de pessoal é parte das medidas que estão sendo implementadas pelo ministro da Previdência Social, Luiz Marinho, e o presidente do INSS, Marco Antonio de Oliveira, para melhorar o atendimento aos segurados. A previsão é a de que até 2010 sejam contratados oito mil servidores de diversas áreas para suprir vagas abertas com a aposentadoria e saída de servidores.

Entre as medidas estão: o Plano de Ações Prioritárias, criado para eliminar processos represados; a redução do tempo de espera entre o agendamento e a realização da perícia médica de sete – média no Brasil – para cinco dias; a construção de mais de Agências da Previdência Social especializadas em benefícios por incapacidade; a realização de obras para melhorar o espaço físico e colocação de equipamentos de segurança nas unidades. O objetivo é fazer com que os segurados tenham um atendimento digno e os servidores um ambiente de trabalho decente e seguro.

Fonte: Ministério da Previdência



Enquete
Na Eleição de 2020 em quem você votaria para Vereador de União dos Palmares?
Total de votos: 437
Google News